A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

30/04/2014 13:50

PMDB já tem muito peso na gestão Olarte e pasta da Mulher vai para Carla

Josemil Arruda
Rodrigo diz que problemas urgentes têm atrapalhado definição sobre pasta da Mulher (Foto: arquivo)Rodrigo diz que problemas urgentes têm atrapalhado definição sobre pasta da Mulher (Foto: arquivo)

O secretário municipal de Governo, Rodrigo Pimentel, admitiu que o PMDB está com peso político muito acentuado na administração do prefeito Gilmar Olarte e que as negociações em torno da pasta da Mulher está sendo feita diretamente com a vereadora Carla Stephanini. Segundo ele, a vereadora peemedebista é que indicará o nome da futura titular a Secretaria Municipal da Políticas Públicas para as Mulheres, a única da gestão Olarte que ainda está vaga.

“A vereadora Carla tem um trabalho nessa área de políticas para as mulheres e deve fazer a indicação”, revelou Rodrigo Pimentel, alegando ainda que a vereadora, que é presidente do PMDB da Capital, não está aquinhoada na administração municipal. “A discussão é com a Carla e não se refere ao partido. Estamos esperando ela fazer indicações”, acrescentou o secretário, admitindo o PMDB já tem participação relevante no governo.

Rodrigo confessou, porém, que as conversações estão caminhando lentamente, em razão do surgimento de temas mais urgentes para serem trabalhados pelo prefeito Gilmar Olarte. “Tem surgido muitos problemas e estamos aguardando um momento melhor”, avisou.

Bem aquinhoado - Embora o PMDB alegue que não fez nenhuma indicação partidária para a administração municipal, é o partido que tem maior quantidade de nomes no primeiro escalão, juntamente com o PP, de Gilmar Olarte. Embora alguns deles possam estar filiados a outros partidos, foram indicados por vereadores peemedebistas. É o caso de Jamal Salém (PR), secretário municipal de Saúde, que teve apoio do vereador Paulo Siufi (PMDB).

André Scaff, atual secretário de Planejamento, Finanças e Controle, foi indicado pelo vereador Mario Cesar (PMDB), enquanto Lillian Maksoud, presidente do Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande (IMPCG), pelo vereador Paulo Siufi.

Além disso, quatro ex-secretários das gestões do PMDB na Prefeitura de Campo Grande estão de volta: Marta Lúcia Martinez (Agência Municipal de Habitação), Marcos Antonio Cristaldo (Planurb), Rudel Trindade (Agência de Regulação de Serviços Públicos) e Cícero Ávila (Funsat). Oficialmente, Marta está pela cota do PSD e Rudel pela do DEM.

 

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions