A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

18/04/2016 16:49

PMDB vai expulsar deputados que reassumirem ministério, diz Marun

Paulo Yafusso
Deputado Carlos Marun, que votou pelo impeachment de Dilma Rousseff (Foto: Aquivo)Deputado Carlos Marun, que votou pelo impeachment de Dilma Rousseff (Foto: Aquivo)

O PMDB vai abrir processo de expulsão dos deputados federais que deixaram os ministérios de Dilma Rousseff para votar na sessão que decidiu pelo prosseguimento do impeachment da presidente e pretendem reassumir os cargos. “Esperamos que nenhum deles retorne (aos ministérios), mas se retornarem vamos expulsá-los”, afirmou o deputado federal por Mato Grosso do Sul, Carlos Marun.

Dias antes da votação, a presidente Dilma havia exonerado Marcelo Castro do Ministério da Saúde, Celso Pansera, do Ministério da Ciência e Tecnologia, e Mauro Lopes, do Ministério da Aviação Civil. “Nós, da Câmara, decidimos isso, que se voltarem para os ministérios serão expulsos, o Pansera (Celso Pansera, ex-ministro da Ciência e Tecnologia) já está respondendo processo no partido”, afirmou Marun.

Mauro Lopes já teria avisado que não retorna ao Ministério, mas Marcelo Castro e Celso Pansera deram sinais de que reassumem o posto. Hoje pela manhã, a presidente se reuniu com os seus principais ministros para avaliar a votação na Câmara Federal, e se disse indignada com o que considerou “traição” dos ministros do PMDB, sobretudo de Mauro Lopes, que na sexta-feira teria dito à Kátia Abreu que no mínimo se absteria. Acabou votando pelo prosseguimento do impeachment.

Os senadores eleitos pelo PMDB que continuam no governo de Dilma Rousseff são Katia Abreu (Agricultura), Helder Barbalho (secretário dos Portos) e Eduardo Braga (ministro das Minas e Energia). Como o governo federal pode adotar a mesma estratégia, de exonerá-los para que possam voltar ao Senado para votar contra o impeachment, Marun afirmou que no caso dos senadores a decisão está nas mãos do presidente nacional da legenda, Romero Jucá.

Dilma acompanha do Alvorada votação sobre processo de impeachment
A presidenta Dilma Rousseff acompanha do Palácio da Alvorada, em Brasília, a sessão em que a Câmara dos Deputados votará a admissibilidade do pedido ...
Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions