ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, DOMINGO  23    CAMPO GRANDE 24º

Política

PP filia mais 2 vereadores e bancada fica com 7 parlamentares na Capital

Tiago Vargas e Marcos Tabosa se filiaram e outros dois continuam indecisos entre Progressista e Avante

Por Caroline Maldonado | 28/03/2024 08:53
Vereadores Tiago Vargas e Marcos Tabosa. (Imagens: Reprodução/Instagram)
Vereadores Tiago Vargas e Marcos Tabosa. (Imagens: Reprodução/Instagram)

O PP (Partido Progressista) filiou mais dois vereadores de Campo Grande. A senadora Tereza Cristina e a prefeita Adriane Lopes deram as boas-vindas aos parlamentares Tiago Vargas e Marcos Tabosa. Com isso, são sete vereadores no partido, que pode trazer ainda outros dois indecisos, Sandro Benites e Eduardo Miranda. Eles estudam se a ida para o Avante pode ser mais oportuna para tentar a reeleição e ajudar a prefeita a reeleger-se.

Tiago deixa o PSD (Partido Social Democrático). “Estaremos fazendo, com certeza, as melhores propostas aos nossos cidadãos campo-grandenses”, disse Tiago durante a cerimônia de filiação, na quarta-feira (27).

Tabosa era do PDT (Partido Democrático Trabalhista) e chegou a anunciar a ida para o PSB (Partido Socialista Brasileiro) no ano passado, mas mudou de ideia.

 O PSB, partido do presidente da Câmara Municipal, Carlos Augusto Borges, o “Carlão”, anunciou há alguns dias apoio à pré-candidatura do deputado federal Humberto Pereira, o “Beto Pereira” (PSDB).

“Vamos trabalhar por uma Campo Grande Progressista”, disse Tabosa. A escolha, segundo o vereador, foi motivada por sua bandeira: o direito dos servidores municipais. “A minha causa é o servidor municipal de Campo Grande. Como eu sou vereador da Capital, tenho que ver as coisas que acontecem na cidade”, disse Tabosa.

Indecisos - Os vereadores Sandro Benites e Eduardo Miranda, que eram do Patriota, partido que fundiu-se ao PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), gerando o PRD (Partido Renovação Democrática), não quiseram ficar na nova sigla, mas ainda não anunciaram se vão para o PP ou não.

Eles fazem parte da base aliada da prefeita, porém, estudam ir para o Avante, partido do procurador de justiça Sérgio Harfouche, que já tentou ser prefeito e chegou ao segundo turno nas eleições de 2020, perdendo para Marquinhos Trad. O ex-prefeito era do PSD e hoje está no PDT para candidatar-se a vereador.

Sandro disse que tomará a decisão na semana que vem. Termina no dia 5 de abril a janela partidária, período em que os vereadores poderão trocar de partido para concorrer à reeleição deste ano sem perder o mandato.

Já migraram para o PP o líder da prefeita na Câmara, Roberto Abelar, o "Beto"; Clodoilson Pires; João Rocha; Riverton de Souza, o "Prof. Riverton"; e Valdir Gomes.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias