A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

30/03/2016 23:38

Prefeito de Rio Verde sai do PT e partido tem sua oitava baixa no MS

Nyelder Rodrigues
Prefeito de Rio Verde sai do PT após 14 anos militando pelo partido (Foto: Arquivo/Divulgação)Prefeito de Rio Verde sai do PT após 14 anos militando pelo partido (Foto: Arquivo/Divulgação)

O prefeito de Rio Verde, Mário Kruger, anunciou nesta quarta-feira (30) em reunião com funcionário municipais e convidados sua mudança de partido. Ele deixa o PT, após 14 anos filiados, e vai para o PSC, sigla que regionalmente tem entre seus nomes o senador Pedro Chaves dos Santos Filho e o deputado estadual o coronel da PM, Carlos Alberto David dos Santos, e faz parte a base do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

A mudança será oficializada nesta quinta-feira (31), quando a desfiliação de Kruger do PT será publicada e assinada sua filiação ao PSC. Ele é o oitavo prefeito a deixar o Partido dos Trabalhadores nessa janela partidária no Estado.

"O motivo dessa mudança é o bem de Rio Verde. Não deve haver um projeto pessoal, e sim um projeto pelo povo da gente. Tenho muito carinho pelo PT, 90% das emendas para cá vieram do PT, mas nesse momento precisamos pensar em nossa cidade e estou indo para a base do governador", explica Kruger.

Segundo o prefeito, a saída dele do PT foi tranquila e conversada com os deputados federais Vander Loubet e Zeca. "O pior defeito que um homem pode ter é a falta de respeito e ingratidão, por isso conversei com eles antes de sair", dispara Kruger, acrescentando que o projeto dele na prefeitura segue focando a educação, saúde, assistência social e cultura.

A mudança de Kruger ocorre justamente próximo do período eleitoral, em que o PSDB e aliados lançaram uma ofensiva, conseguindo atrair vários parlamentares e chefes do executivo em Mato Grosso do Sul. Aproveitando a despedida de Kruger do Partido dos Trabalhadores, o vereador Edmar do PT, afirmou que ele está a disposição do partido a se lançar como pré-candidato à prefeito para as eleições deste ano.

Janela partidária - Mário Kruger é o oitavo prefeito de um município de Mato Grosso do Sul a sair do PT e mudar de legenda. Um dos casos de maior destaque da "debandada" é o do prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, antigo nome forte do partido. Além de prefeitos, o PT estadual somou a saída de 50 vereadores, um deles em Campo Grande, o parlamentar Roberto Durões.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions