A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

20/02/2018 12:56

Prefeito orça em R$ 600 milhões recuperação de vias da Capital

O chefe do Executivo municipal, Marquinhos Trad (PSD), se reuniu com o coordenador da bancada federal, Waldemir Moka (MDB), e demais parlamentares

Mayara Bueno
Deputados, senadores e prefeitura reunidos em Brasília. (Foto: Assessoria Senador Moka).Deputados, senadores e prefeitura reunidos em Brasília. (Foto: Assessoria Senador Moka).

Em Brasília, o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), afirmou que serão necessários R$ 600 milhões para recuperar 100% das ruas da cidade. Os dados foram entregues durante reunião, nesta terça-feira (20), entre o chefe do Executivo municipal e a bancada federal, realizada no gabinete do senador Waldemir Moka (MDB).

Na ocasião, o prefeito voltou a dizer que o serviço de tapa-buraco nas ruas e avenidas de Campo Grande não são suficientes para reparar os estragos.

De acordo com a assessoria do senador Moka, a prefeitura tem capacidade de endividamento limitada a R$ 200 milhões, o que representa um terço do necessário. A busca do recurso ocorre pelo programa Avançar Cidades, do Ministério das Cidades, e no BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

Em 2017, a prefeitura gastou R$ 40 milhões no tapa-buraco e, este ano, o serviço pode consumir R$ 70 milhões, conforme disse o prefeito aos parlamentares. O coordenador da bancada reforçou a urgência de buscar uma "solução imediata”.

Além de Moka, participaram da reunião com o prefeito os senadores Pedro Chaves (PRB), Simone Tebet (PMDB) e os deputados federais Luiz Henrique Mandetta (DEM), Fábio Trad (PSD), José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, Vander Loubet (PT), Dagoberto Nogueira (PDT), Geraldo Resende e Elizeu Dionísio, ambos do PSDB.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions