A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

12/11/2012 09:01

Prefeitos de MS fazem marcha ao DF amanhã para cobrar compensação

Fabiano Arruda
Prefeitos de MS e de todo País cobram compensação do Governo Federal para fechar as contas no final de mandato. (Foto: Helton Verão)Prefeitos de MS e de todo País cobram compensação do Governo Federal para fechar as contas no final de mandato. (Foto: Helton Verão)

Prefeitos de Mato Grosso do Sul e de todo País estarão em Brasília (DF), nesta terça-feira (13), para cobrar que o Governo Federal compense os municípios neste fim de ano, época de fechamento das contas em final de mandato.

Segundo informações da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), ainda não há uma estimativa de quantos prefeitos do Estado participarão da mobilização.

A única agenda confirmada dos chefes dos executivos municipais na Capital Federal é uma reunião com a ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvati, prevista para as 8 horas (de MS), no Senado.

O movimento é organizado pela CNM (Confederação Nacional de Municípios) e a agenda com a ministra é um desdobramento de um ofício entregue a ela, no dia 10 de outubro, pelos prefeitos.

Portas fechadas - Por conta da crise nas finanças, 68 prefeituras em Mato Grosso do Sul fecharam as portas na última quarta-feira (7).

Obras estão sendo paralisadas para que os municípios possam evitar que as contas fiquem no vermelho. Salários de servidores em diversos municípios também estão atrasados. O cálculo é que o rombo chegue a R$ 397 milhões.

O principal motivo apontado pelos prefeitos como responsável pela crise financeira é a queda acentuada nos repasses do FPM (Fundo de Participação dos Municípios), gerada pelos incentivos do Governo Federal com o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions