A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Abril de 2018

09/05/2011 18:21

Prefeitos do Estado seguem para Brasília e participam de Marcha

Fabiano Arruda
Presidente da Assomasul já está na capital federal. (Foto: Divulgação)Presidente da Assomasul já está na capital federal. (Foto: Divulgação)

Cerca de 40 prefeitos de Mato Grosso do Sul vão para Brasília (DF), onde integram a “XIV Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios”, que começa amanhã, organizada pela CNM (Confederação Nacional de Municípios).

O presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) e prefeito de Chapadão do Sul, Jocelito Krug, já está na capital federal. A maioria dos prefeitos deve seguir nesta terça.

O chefe do Executivo Municipal de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), deve ir na quarta-feira. Os prefeitos devem permanecer em Brasília até quinta-feira.

Segundo informações da Assomasul, os prefeitos também devem se reunir com a bancada federal sul-mato-grossense.

Entre as reivindicações da Marcha neste ano estão temas como a carga tributária bruta brasileira de 2010, o mapeamento dos restos a pagar da União em 2011 relativos a transferências a Municípios.

Segundo informações da CNM, dos R$ 128 bilhões de restos a pagar referentes a 2007, 2008 e 2009, cerca de R$ 20,3 bilhões eram destinados aos municípios.

A Emenda 29, que redefine os percentuais de aplicação de recursos na área de saúde pública pelas três esferas administrativas, deve constar na pauta de reivindicações, como no ano passado.

A presidente Dilma Rousseff (PT) deve comparecer ao encontro municipalista amanhã às 16 horas (de MS).

Atividades - A edição deste ano da Marcha prevê novidades como o lançamento oficial do Observatório do Crack, plenárias com propostas da CNM para aperfeiçoar o pacto federativo e uma conferência nacional de primeiras damas. Como nos outros anos, o Congresso Nacional sediará as bancadas parlamentares.

CNM prevê cancelamento de R$ 1,3 bi em restos a pagar destinados a municípios
Levantamento feito pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) mostra que R$ 1,3 bilhão dos R$ 7,9 bilhões dos restos a pagar referentes a 2007, ...
Prefeitos devem ficar atentos a prazo para serviços com restos a pagar de 2009, alerta Delcídio
Prefeitos com obras e serviços viabilizados por recursos federais inseridos nos restos a pagar de 2009 deverão ficar atentos ao prazo de 30 de junho ...
Prefeitos acampam em Brasília por aprovação da Emenda 29
Prefeitos de todo o Brasil, incluindo um grupo de Mato Grosso do Sul, estão praticamente "acampados" em Brasília desde ontem, na tentativa de convenc...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions