A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Abril de 2018

21/06/2013 16:08

Prefeitura publica redução da passagem para R$ 2,75 e também do "fresquinho"

Zemil Rocha
Bernal também decretou alterações nas tarifas para as datas especiais e linhas executivas (Foto: Arquivo) Bernal também decretou alterações nas tarifas para as datas especiais e linhas executivas (Foto: Arquivo)

O prefeito Alcides Bernal (PP) oficializou hoje a redução do valor da tarifa de transporte coletivo convencional e distrital para R$ 2,75, uma diminuição de 3,6%, mas a vigência só começa dia 1º de julho, portanto daqui a dez dias. O decreto nº 12.154 foi publicado no Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande) nesta sexta-feira (21).

Também é afetada a tarifa diferencial para datas especiais, com o decreto fixando em R$ 1,10 (hoje o valor é de R$ 1,14), representando 40% do preço da passagem em dia normal. A tarifa para linhas circulares executivas também cairá para R$ 3,35, uma redução também de R$ 0,10.

Antes da pressão popular via protesto, Bernal tinha congelado a tarifa em R$ 2,85 até o mês de outubro de 2013. Alegou que mudou de ideia em decorrência das alterações na legislação federal, embora tenha demorado muito tempo para anunciar a medida.

A mudança já tinha sido cobrada o vereador Eduardo Romero acionou o Ministério Público para que cobrasse da Prefeitura valor menor, com base em Medida Provisória 617, de 31 de maio, que isentou as empresas de transporte coletivo do PIS (Programa de Integração Social) e da Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social).

O desconto é de apenas R$ 0,10, mas representa perda substancial de receita para as empresas de ônibus. O Consórcio Guaicurus, que explora o serviço na Capital deixará de receber R$ 21 mil por dia, R$ 630 mil ao mês e até outubro R$ 3,1 milhões.

A passagem a R$ 1,10 só vale para setes datas comemorativas: Dia do Trabalho, Dia das Mães, Dia dos Pais, Aniversário de Campo Grande, Finados, Natal e Ano Novo.

 



Muito me envergonha este prefeito q diz ser do povo reduzir somente 10 centavos a passagem d ônibus, sendo que até um pão frances custa 25 centavos!!!
 
Márcia Rosane em 21/06/2013 16:22:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions