A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

31/08/2016 13:11

Presidente estadual diz que PT estará atento a todas ações de Temer

Partido vai se organizar para fazer oposição em Brasília

Leonardo Rocha
Biffi diz que PT irá organizar a oposição ao governo de Michel Temer (Foto: Divulgação)Biffi diz que PT irá organizar a oposição ao governo de Michel Temer (Foto: Divulgação)

O presidente estadual do PT, Antônio Carlos Biffi (PT), lamentou o resultado do impeachment contra Dilma Rousseff (PT) e já adiantou que o partido, junto com os movimentos sociais, estarão na oposição, atentos a todos os passos e ações do novo governo, de Michel Temer (PMDB). "Vamos nos organizar para defender os trabalhadores".

Biffi diz que na sua concepção "não há perspectivas positivas" aos trabalhadores, na nova gestão de Michel Temer, inclusive teme reformas que possam retirar direitos. "O PT enquanto esteve a frente do governo (federal) conseguiu segurar, agora já não tem mais a caneta e vejo um retrocesso nos direitos trabalhistas conquistados".

Apesar da presidente cassada, para o dirigente o seu partido conseguiu sair "fortalecido" no final deste processo de impeachment, já que segundo ele, a própria Dilma Rousseff (PT) "provou sua inocência" quando prestou depoimento ao Senado, na última segunda-feira (29). "Foi humilde, em nenhum momento arrogante, mostrou a verdade e encarou a todos, para fazer sua defesa".

Biffi também teme mudanças em programas sociais, que na sua opinião podem ser mudados e alterados, com o novo presidente. "Agora o (Michel) Temer terá o Congresso para apoiar suas reformas e projetos, mas o PT, junto com a CUT (Central Única do Trabalhador), MST (Movimento Sem Terra), Anistia Internacional e outras entidades vão acompanhar e se fazer presente".

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions