A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

12/10/2016 11:20

Projeto propõe identificar gatos e cães por meio de microchips

Leonardo Rocha
Maurício Picarelli, autor do projeto, ao lado de Paulo Corrêa (PR), durante sessão (Foto: Assessoria/ALMS)Maurício Picarelli, autor do projeto, ao lado de Paulo Corrêa (PR), durante sessão (Foto: Assessoria/ALMS)

O projeto apresentado pelo deputado Maurício Picarelli (PSDB), na Assembleia Legislativa, propõe identificar os gatos e cães, em Mato Grosso do Sul, por meio de microchips, facilitando o controle dos animais, com o uso desta tecnologia.

De acordo com o autor, com o advento da tecnologia, se tem meios mais modernos e eficazes de fazer esta identificação nos animais, podendo usar os microchips, que segundo ele, já ocorre em cidades, como São Paulo e Florianópolis.

A lei atual estabelece que todos os cães e gatos de Mato Grosso do Sul, sejam registrados em órgão municipal, responsável pelo controle de zoonoses ou estabelecimentos veterinários. Este microchip seria inserido na base do pescoço, entre as escápulas, na linha média dorsal do animal.

O projeto ainda prevê mudanças na cobrança de multas aos infratores, com penalidades mais efetivas, para coibir casos recorrentes. O projeto segue para as comissões permanentes, para depois ser votado em plenário, pelos deputados estaduais.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions