A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Março de 2019

20/11/2018 19:50

PSDB adia em uma semana escolha de candidato a presidente da Assembleia

Em reunião nesta terça-feira, partido optou por dar mais tempo para concorrentes fecharem tratativas; reunião prévia fortaleceu nome de Paulo Corrêa

Humberto Marques
Da esquerda para a direita: Felipe Orro, Professor Rinaldo, Paulo Corrêa, Marçal Filho, Beto Pereira, Onevan de Matos e Sérgio de Paula, em reunião que discutiu eleição para a Mesa Diretora da Assembleia. (Foto: Humberto Marques)Da esquerda para a direita: Felipe Orro, Professor Rinaldo, Paulo Corrêa, Marçal Filho, Beto Pereira, Onevan de Matos e Sérgio de Paula, em reunião que discutiu eleição para a Mesa Diretora da Assembleia. (Foto: Humberto Marques)

O PSDB adiou em uma semana a indicação do deputado estadual do partido que concorrerá à presidência da Assembleia Legislativa. Reunião no início da noite desta terça-feira (20) na sede do partido, em Campo Grande, definiria o escolhido para concorrer ao cargo, porém, “a fumaça branca ainda não saiu”, resumiu o presidente regional do partido, o deputado estadual Beto Pereira. Contudo, foi fechado compromisso de que, independentemente de quem seja o candidato, ele terá o apoio de toda a bancada tucana.

Os peessedebistas se reuniram tendo, a princípio, quatro candidatos a presidente do Legislativo: os deputados estaduais reeleitos Felipe Orro, Professor Rinaldo, Paulo Corrêa e Onevan de Matos. Além deles, Marçal Filho, que chega à Assembleia em 2019, participou do encontro –no qual afirmou que não almeja o comando da Mesa Diretora da Casa–, bem como Pereira e Sérgio de Paula, integrante do diretório do PSDB.

Uma reunião prévia na manhã desta terça resultou no fortalecimento do nome de Corrêa na disputa. Deputado estadual em seu sétimo mandato, ele conta com a simpatia de Rinaldo para a disputa –que recuaria em favor do colega de bancada.

No encontro desta noite, conforme Pereira, “foi compromisso por unanimidade que a bancada vai marchar unida”, isto é, o indicado para disputar o comando da Assembleia terá o seu voto e mais quatro garantidos. O adiamento, prosseguiu o deputado, “foi necessário para que os deputados façam as tratativas pertinentes em torno de sua candidatura”. A intenção é que, às 18h da próxima terça (27), seja anunciado quem será o candidato –seja partindo da bancada ou da direção da legenda.

Sérgio de Paula antecipou que a decisão sobre a candidatura caberá apenas ao PSDB, descartando interferências externas como de lideranças de outros partidos. Da mesma forma, Pereira reiterou que, após a escolha, caberá ao então candidato a presidente do Legislativo “se fazer porta-voz para as tratativas em torno de seu nome” junto aos demais deputados estaduais eleitos.

Pela manhã, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) descartou se envolver na escolha do próximo presidente da Assembleia, negou ter preferência por algum nome e destacou esperar que os tucanos fizessem a indicação por meio de consenso. Nas eleições deste ano, sua coligação elegeu 16 deputados estaduais.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions