A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

22/06/2009 15:21

Puccinelli insinua que PT pode não eleger nenhum senador

Redação

O governador André Puccinelli (PMDB) insinuou que o PT pode não reeleger o senador Delcídio do Amaral nas eleições de 2010 caso não desista de lançar candidato próprio no ano que vem.

Cortejado pelos dirigentes nacionais do PSDB, DEM e PPS, em evento para lançamento do BDR (Bloco Democrático e Reformista) na Assembléia Legislativa, ele lembrou que tem afinidades e quer manter a aliança com os três partidos nas eleições do próximo ano.

Puccinelli ressaltou que tem amizade com os tucanos, socialistas e democratas. Frisou ainda que "a amizade e afinidade tem muito peso na decisão". E, como vem mantendo uma relação na base do "aproxima e se distancia" com os petistas, ele alertou para o risco de lançar dois candidatos ao Senado em sua chapa. "Se nos coligarmos (com PPS, PSDB e DEM), que se cuide o lado de lá, porque vamos fazer o governador e dois senadores".

O vice-governador Murilo Zauith (DEM) pleiteia o sonho de ser senador, junto com o deputado federal Valdemir Moka (PMDB). No momento, Moka é o único a ter as bênçãos do governador. Contudo, Puccinelli já cogitou lançar outros candidatos, como os prefeitos de Campo Grande, Nelsinho Trad, e de Três Lagoas, Simone Tebet.

Além disto, o senador Valter Pereira e o deputado federal Geraldo Resende também querem disputar o Senado em 2010. Além disto, Delcídio do Amaral busca viabilizar a sua reeleição pelo PT.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions