A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Julho de 2018

19/01/2015 19:28

Reinaldo articula para consenso na ALMS e “ter todas as forças políticas”

Três deputados estão na briga, mas definição do presidente não deve ter disputa

Juliene Katayama

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) admitiu que está conversando com todos os deputados que têm interesse em disputar a presidência da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul para criar uma chapa de consenso e “contemplar todas as forças políticas”.

“É uma questão da Casa. Mas estou dialogando para ter uma chapa consensuada porque contempla todas as forças políticas”, afirmou Reinaldo que prefere não criar nenhum tipo de oposição no início do mandato.

O tucano Onevan de Matos se reuniu hoje com o governador para discutir sobre a presidência. Ele aguarda mais um encontro, nesta terça-feira (20), para definir sobre seu futuro na Casa de Leis. “Minha pretensão é a presidência, mas vamos aguardar”, pontuou o deputado.

Onevan disse ainda que há um acordo do Reinaldo para que o deputado estadual Zé Teixeira (DEM) presida da Assembleia. O democrata foi aliado do governador desde o primeiro turno. O deputado aguarda o avanço das conversas para definir se vai continuar brigando pela presidência ou se tenta outro cargo.

Além disso, Onevan disse estar conversando com Zé Teixeira e Júnior Mochi (PMDB) para chegarem ao consenso. O peemedebista já teria fechado acordo com a bancada do PT, composta de quatro parlamentares: Pedro Kemp, Amarildo Cruz, Cabo Almi e João Grandão. Mochi também conta com apoio dos deputados do PTdoB, Márcio Fernandes e Mara Caseiro.

Os concorrentes ainda têm os deputados do PR – Grazielle Machado e Paulo Corrêa - e PDT – George Takimoto, Felipe Orro e Beto Pereira – para ganhar o apoio.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions