A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

03/03/2016 09:48

Revista diz que Delcídio acertou delação premiada, mas senador nega

Publicação implica Dilma e Lula na tentativa de atrapalhar a Lava Jato

Mayara Bueno
Senador Delcídio do Amaral. (Foto: Marcos Ermínio)Senador Delcídio do Amaral. (Foto: Marcos Ermínio)

Notícias divulgadas na imprensa nacional, nesta quinta-feira (3), revelam que o senador Delcídio do Amaral (PT) teria feito acordo de delação premiada com a Procuradoria-Geral da República na Operação Lava Jato. A assessoria do senador, no entanto, nega a informação.

De acordo com a revista IstoÉ, na edição desta semana, que ainda não chegou nas bancas de revista de Campo Grande, o parlamentar teria citado diversos nomes, entre eles o do ex-presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva. Teria também detalhado os bastidores da compra da refinaria de Pasadena pela Petrobrás.

Ainda conforme as informações, o senador teria acusado a presidente Dilma Rousseff (PT) de atuar para interferir na Operação Lava Jato por meio do judiciário. Uma das tentativas, diz, passava pela nomeação do desembargador Marcelo Navarro para o STJ (Superior Tribunal de Justiça). A função do nomeado seria cuidar dos “habeas corpus e recursos da Lava Jato no STJ”

Delcídio foi preso em 25 de novembro passado, acusado de tentar atrapalhar as investigações da Lava Jato, quando foi gravado discutindo um plano de fuga e dinheiro para o ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró. Segundo a publicação nacional, o encontro com Cerveró teria sido feito a pedido de Lula.

Solto em 19 de fevereiro, o senador ainda não voltou ao parlamento, onde promete afirmar sua inocência e alegar ter sido vítima de uma armação.

O senador foi procurado pela reportagem do Campo Grande News. Em reposta, a assessoria de comunicação disse ser “mentira” a publicação da revista. “Ele nega categoricamente a informação e que tudo não passa de delírio da revista”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions