A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

08/09/2009 08:48

Rigo diz que vai ignorar interferência de Luppi em MS

Redação

O presidente regional do PDT, deputado estadual Ary Rigo, prometeu nesta manhã ignorar a interferência do ministro Carlos Luppi em Mato Grosso do Sul.

O líder nacional pedetista esteve no Estado na semana passada e anunciou que após o término do mandato de Rigo, vai convocar uma comissão provisória para controlar a legenda por pelo menos 90 dias.

"Eu vou ignorar e vou tocar minha vida, não estou infringindo o estatuto partidário", declarou Rigo, durante sessão da Assembléia Legislativa.

Ele se disse admirado com a decisão de Luppi, já que ele está licenciado do cargo de presidente nacional do partido e por isso não poderia tomar este tipo de decisão.

Rigo lembrou que seu mandato se encerra no dia 20 de outubro e não dia 1º, como disse Luppi.

O parlamentar também destacou que o diretório regional já havia se reunido em junho deste ano e deliberado a realização de convenção no dia 3 de outubro. "Inclusive por sugestão do João Leite Schimidt", afirmou.

Schimidt foi escolhido por Luppi para presidir a comissão provisória. Entretanto, Rigo avisou que a Executiva Regional vai se reunir amanhã à tarde e confirmar a data da convenção para o dia 3.

Durante o encontro, também haverá deliberação sobre a situação do diretório de Campo Grande. Rigo confirmou esta manhã que será convocada uma comissão provisória e que ela será presidida pelo vereador Loester Nunes.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions