A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Março de 2019

01/01/2019 17:22

Secretárias afirmam que metas incluem fortalecimento da Educação e Assistência

Maria Cecília Amendola da Mota afirma que SED vai ampliar o número de escolas em tempo integral; Maria Elisa destaca reforço a programas sociais

Humberto Marques e Leonardo Rocha
Maria Cecília afirma que Estado ganhará mais escolas de tempo integral e investirá na qualificação dos professores. (Foto: Henrique Kawaminami)Maria Cecília afirma que Estado ganhará mais escolas de tempo integral e investirá na qualificação dos professores. (Foto: Henrique Kawaminami)

O fortalecimento das áreas de Educação e Assistência Social estão entre as metas que as duas titulares das pastas, mantidas na equipe do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), têm para o segundo mandato. Maria Cecília Amendola da Mota (Educação) e Elisa Cleia Pinheiro Rodrigues Nobre (Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho) assinam logo mais, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, seus termos de recondução nos cargos.

Ex-secretária de Educação de Campo Grande e responsável por conduzir o setor durante o primeiro mandato de Reinaldo, Maria Cecília afirma que o foco para a segunda fase da gestão é “a ampliação das escolas de tempo integral”. Hoje, Mato Grosso do Sul conta com 40 unidades de ensino médio que instituem a dupla jornada para estudantes.

Maria Cecília também afirma que a SES se pautará por um maior investimento “na formação e qualificação dos professores”. Já em relação a alterações na grade curricular –apregoadas pela equipe do presidente eleito, Jair Bolsonaro, e a ser seguida pelas unidades do país–, ela afirma que o Estado trabalhará com os cursos a serem adotados pelo governo federal. “Os Estados terão de preparar seus currículos”, disse.

Elisa Cleia destaca ações para fortalecer programas sociais na Sedhast. (Foto: Henrique Kawaminami)Elisa Cleia destaca ações para fortalecer programas sociais na Sedhast. (Foto: Henrique Kawaminami)

Assistência Social – Titular da Sedhast desde 2016, quando substituiu a ex-vice-governadora Rose Modesto na pasta, Elisa Cleia afirma que “o objetivo é continuar prestando Assistência Social aos municípios da mesma forma que no primeiro mandato, fortalecendo programas que são importantes para a população”.

As ações encampadas pela secretaria incluem a concessão e gerenciamento do Vale Renda e do Vale Universidade, o Rede Solidária (que institui espaços para oferecimento de cursos e capacitação no Dom Antônio e no Jardim Noroeste, em Campo Grande, e que deve chegar ao interior nos próximos quatro anos) e o projeto Direitos Humanos em Ação.

Reinaldo foi empossado nesta tarde para o segundo mandato à frente do governo estadual. Às 17h, teve início no Centro de Convenções a solenidade de posse dos novos secretários que, conforme o governador, devem se reunir com ele na manhã desta quarta-feira (2) para traçarem metas no início da gestão, que incluem cortes de gastos e medidas que ampliem a eficiência.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions