A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Outubro de 2019

28/05/2019 22:03

Senado aprova MP que reduz ministérios e Moro perde o Coaf

Com medida o número de ministérios do Governo Federal foi reduzido de 29 para 22.

Adriano Fernandes
Senadores durante a sessão de votação, desta noite no Senado Federal. (Foto: Roque de Sá/Agência Senado) Senadores durante a sessão de votação, desta noite no Senado Federal. (Foto: Roque de Sá/Agência Senado)

Os senadores de Mato Grosso do Sul, Nelsinho Trad (PSB), Simone Tebet (MDB) e Soraya Thronicke (PSL) votaram, nesta noite (28) a favor da MP (Medida Provisória) que reduziu de 29 para 22 o número de ministérios do Governo Federal.

Durante a votação no Senado Federal, os senadores também decidiram manter a alteração feita pela Câmara que transferiu o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) do Ministério da Justiça para a pasta da Economia.

A MP foi editada em janeiro pelo presidente Jair Bolsonaro, que na época transferiu o Conselho do extinto Ministério da Fazenda (atual Ministério da Economia) para a Justiça, chefiada pelo juiz Sérgio Moro.

Mas durante a tramitação no Congresso, os parlamentares, entre eles, o próprio Nelsinho Trad, decidiram desfazer a mudança.  Conforme o portal G1 de Brasília, na sessão desta noite, os senadores aprovaram por 70 votos a 4 o texto-base da MP, conforme enviado pela Câmara e rejeitaram o retorno do Coaf para o Ministério da Justiça.

Além disso a medida provisória também não impõe limitação à atividade de auditores fiscais da Receita Federal; transfere a Funai do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos para o Ministério da Justiça e deixa, sob a alçada da Funai, a demarcação de terras indígenas, atualmente vinculada ao Ministério da Agricultura.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions