A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

19/03/2009 21:31

Senador convida Minc a MS e solicita R$ 5 mi para PMA

Redação

No dia 30 de março acontecerá no Sindicato Rural de Corumbá a reunião que vai definir a responsabilidade técnica para elaboração do projeto de recuperação do Rio Taquari, cujos recursos de R$ 30 milhões foram aportados ao Orçamento da União pelo senador Delcídio do Amaral. Os trabalhos estão sendo coordenados pelo secretário do Centro-Oeste José Antonio Totó Parente.

Na ocasião, o parlamentar espera contar com a presença do ministro do Meio Ambiente Carlos Minc. Ele, inclusive, fez o convite ao ministro durante encontro ocorrido ontem no Ministério do Meio Ambiente.

Ainda na visita ao ministro Minc, Delcídio solicitou recursos de R$ 5 milhões para reequipar a PMA (Polícia Militar Ambiental) em Mato Grosso do Sul. O projeto prevê a aquisição de barcos, motores e veículos traçados para dar mais mobilidade aos policiais militares ambientais, principalmente na região do Pantanal.

Delcídio aproveitou a audiência com Carlos Minc para ainda relatar a experiência que vem sendo desenvolvida em Corumbá e Ladário, relacionada às negociações entre ONGs (Organizações Não Governamentais) e as empresas que atuam nos dois municípios, denominada Plataforma de Diálogo. Um protocolo que assegure o desenvolvimento sustentável da região está sendo pleiteado pelo petista.

Conforme o senador, os integrantes da Plataforma de Diálogo vão apresentar os resultados da avaliação ambiental estratégica para ele, parlamentares estaduais, prefeitos e secretários de meio ambiente da região no dia 17 de abril, em Corumbá. O Instituto de Pós-Graduação e Pesquisa em Engenharia, da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), é responsável pelo trabalho.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions