A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

28/02/2011 09:45

TCE decreta luto de 3 dias; governo divulga nota de pesar pela morte de Celina

Marta Ferreira

Portaria assinada hoje pelo conselheiro Cícero Antonio de Souza, presidente do TCE (Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul), estabelece luto oficial de 3 dias na corte em razão do falecimento da conselheira Celina Martins Jallad, ocorrido esta madrugada.

O governo do Estado divulgou uma nota de pesar pela morte da conselheira e ex-deputada.

Ela faleceu na madrugada de hoje, aos 64 anos, após uma cirurgia de emergência realizada no Hospital Sírio Libanês em São Paulo (SP), devido a um aneurisma da aorta abdominal.

O corpo será velado no saguão da Assembléia Legislativa onde Celina Jallad foi deputada estadual por quatro mandatos, de 1995 até 2010, quando passou a ser conselheira do TCE, a primeira de Mato Grosso do Sul.

A portaria do TCE estabelece que as atividades no âmbito do Tribunal de Contas ficam suspensas nesta segunda-feira (28/02) e terça-feira (01/03), permanecendo o luto oficial no dia 02 de março.

Na nota em que informa o luto, o conselheiro Cícero de Souza lamentou profundamente o falecimento de Cecila Jallad, lembrando que ela foi a primeira mulher a assumir o cargo de conselheira do Tribunal de Contas, em solenidade ocorrida em 30 de novembro de 2010.

Segundo Cícero de Souza, a posse de Celina Jallad como conselheira foi um fato sem precedentes na história do TCE/MS e representou uma conquista de toda a sociedade e, em especial, das mulheres sul-matogrossenses. Segundo ele, “Celina Jallad vinha desempenhando com brilhantismo sua função como conselheira, deixando neste curto período que esteve à frente do cargo a sua marca pessoal de competência, sensibilidade e compromisso com os interesses do Estado e de nossa gente”.

Pesar-Na nota de pesar do governo do Estado, o governador André Puccinelli, afirma que "Mato Grosso do Sul terá sempre o legado da conselheira do Tribunal de Contas do Estado Celina Martins Jallad como exemplo de dedicação ao bem comum”.

O texto prossegue, dizendo que, “seu trabalho e sua trajetória política, sempre a favor da igualdade, pela democracia e sempre ao lado das forças construtivas de nosso Estado honram todos os que hoje compartilham a dor da sua ausência, consolados pela sua presença indelével na vida sul-mato-grossense”.

“Como parlamentar, secretária de Estado e conselheira transformou os sonhos de sua gente em conquistas. Como mulher, mãe e cidadã, fez de sua vida exemplo que engrandece nossa história”, conclui a nota de pesar.

A conselheira Celina ao lado do pai, o ex-governador Wilson Barbosa Martins. (Foto: Divulgação)A conselheira Celina ao lado do pai, o ex-governador Wilson Barbosa Martins. (Foto: Divulgação)

Biografia - Celina Martins Jallad é campo-grandense, professora e empresária, filha do ex-governador Wilson Barbosa Martins e Nelly Martins. De 1983 a 1986 foi diretora executiva do Pronav, no governo do Estado, na gestão Wilson Barbosa Martins; de 1987 a 1989 foi secretária de Estado de Ação Comunitária, nomeada pelo governador Marcelo Miranda; de 1990 a 1993 exerceu o cargo de secretária Municipal do Bem-Estar-Social, na gestão Juvêncio César da Fonseca; de 1994 a 1997 foi a primeira mulher a presidir o Diretório Municipal do Partido do Movimento Democrático Brasileiro - PMDB.

De 1995 a 1998 exerceu pela primeira vez o mandato de deputada estadual, eleita com 20.551 votos, sendo a única mulher entre os 24 deputados. Em 1997 foi eleita vice-presidente da Assembléia Legislativa MS, sendo a primeira mulher a ocupar o cargo na história do Parlamento do Mato Grosso do Sul. Em 1999 foi reeleita deputada estadual, com mandato até 2002. Novamente reeleita em 2003, com mandato até 2006. Já em 2006, foi eleita 1ª suplente de deputada estadual. Em 2007, tomou posse como suplente e permaneceu na Casa para seu quarto mandato parlamentar. De 2009 a 2010 passou a ocupar a vaga efetiva de deputada

Celina Jallad foi empossada em 30 de novembro de 2010 como conselheira do Tribunal de Contas do Estado e foi a primeira mulher a ocupar o cargo em 30 anos de existência do tribunal.



Uma perda muito grande. Mulher de fibra, quebrou varios tabus. Exemplo de mulher guerreira... Descance em paz!!!
 
nilton lima em 28/02/2011 10:52:57
Meus pezares a toda flía BARBOSA!!!! a Celina foi uma gde política,aprendeu amar essa vida com o pai (Dr.Wilson)mulher de fibra,guerreira...Ela será um ícone da Política Sul Matogrossense...
 
neide de oliveira em 28/02/2011 09:39:01
Meus pezares, pela perda da nossa querida celina. Ela se foi mas a saudades fica em nossos corações. CELINA sua pardida nós deixa, a mais profunda tristeza, descance em Paz no Senhor Jesus.
 
ANA SUELI campo grande ms em 28/02/2011 01:45:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions