A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Julho de 2018

26/02/2011 12:00

“Tem que parar de enganar os outros”, afirma Trad sobre a Lei do Silêncio

Aline dos Santos
“Se sancionar, vetar ou promulgar resolvesse. Nós já teríamos feito. Tem que parar de enganar os outros. Essa é a verdade”, afirma prefeito. “Se sancionar, vetar ou promulgar resolvesse. Nós já teríamos feito. Tem que parar de enganar os outros. Essa é a verdade”, afirma prefeito.

O prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), afirmou hoje que vetar ou sancionar as alterações na Lei do Silêncio, que inclui a Expogrande entre as exceções à legislação, não vai resolver o impasse criado após a justiça proibir a realização de shows e eventos no Parque de Exposições Laucídio Coelho.

“Se sancionar, vetar ou promulgar resolvesse. Nós já teríamos feito. Tem que parar de enganar os outros. Essa é a verdade”, declarou.

Ontem, a assessoria do presidente da Câmara, Paulo Siufi (PMDB), divulgou que ele promulgará a alteração à Lei do Silêncio, que fixa normas para eventos em bairros residenciais, caso o prefeito não sancione as mudanças. “Com isso, está garantida a realização dos shows durante a Expogrande deste ano”, disse Siufi via assessoria.

Hoje, Trad afirmou que, por regra, o presidente da Câmara só tem a opção de promulgar a lei quando a prefeitura não se pronuncia. “O prefeito tem três opções. Ele pode vetar, ele pode sancionar ou ele silencia e [a lei] retorna para a Câmara. A partir do momento em que isso acontece, o presidente da Câmara só tem uma opção, a promulgação. Esse é o rito normal”, explicou. Neste sábado, na Praça do Rádio, Trad realizou o sorteio do “IPTU dá Prêmios”.

Acordo - As alterações na Lei do Silêncio foram aprovadas no dia 8 de fevereiro e o prefeito tem até o próximo dia 3 para se manifestar. Trad pondera que ainda não decidiu o que fazer, mas que ainda busca o entendimento. “Um acordo nos autos do processo é o único jeito de resolver o problema”, afirma.

Mesmo com a mudança na lei, a Expogrande precisa de licença ambiental e alvará de funcionamento para ser realizada. Na tentativa de conseguir licença ambiental o Parque de Exposição Laucídio Coelho busca parceria da empresa Águas Guariroba para instalar rede de água e esgoto em todo o parque.

A prefeitura quer fazer parceria público privada para a construção de uma arena para eventos na cidade.



Criou-se uma polêmica sobre esse assunto, e o bom senso seria a melhor decisão, agradaria as pessoas que defendem os shows na expogrande e aos moradores.

"TERMINEM OS SHOWS EXATAMENTE 23:00 HORAS."

Assim todo mundo fica feliz e não precisa mudar uma lei, senão daqui a pouco vão querer mudar a Lei Maria da Penha para satisfazer alguns.
 
Gilmar candido em 02/03/2011 03:52:54
Criou-se uma polêmica sobre esse assunto, e o bom senso seria a melhor decisão, agradaria as pessoas que defendem os shows na expogrande e aos moradores.

COMECEM OS SHOWS A PARTIR DA 20:00 HORAS.

Assim todo mundo fica feliz e não precisa mudar uma lei, senão daqui a pouco vão querer mudar a Lei Maria da Penha para satisfazer alguns.
 
Roebrto Coelho em 28/02/2011 01:19:10
PARABÉNS PREFEITO.

SUBIU MUITO O CONCEITO PARA COM O SENHOR.

PULSO FIRME MESMO,

OBRIGADO
 
Antonio Marques em 26/02/2011 12:42:01
..é isso ae Sr. Siufi, dá uma canetada e tudo ta resolvido....aproveita e leva sua familia pra ficar uma semana acampado do lado do pqe ouvindo as canções ate as cinco da manha do outro dia......

O Pqe é propriedade particular, foi notificado ha tres anos para adaptar-se as questões acústicas e nada fez......

Os promotores de eventos alugam um local pra fazer seus shows pra 15 mil pessoas sem averiguar as condições legais do local.....isso é problema deles e nao da população..me diga, quem compra carro usado sem ver documentos e condições do carro.....então quem aluga o pqe de exposições sem ver documentos legais....


Essa questão não é política !!!!

 
Sergio Correa em 26/02/2011 12:37:35
Sr Prefeito use o bom senso que sempre marcou sua administração. e promulgue essa lei , e a populaçao , da capital e não so um poucos moradores do bairro Jockei Club. irão te agradecer , pois sem a Expogrande varias pessoa, que eu creio seja maior que os descontentes da região dependem dela
pra tirar seu sustento, nesta cidade que ja tem pouca ou nenhhuma opção de lazer, agora sobre os outros Shows que se faça sim uma arena ,mas a EXPOGRANDE é patrimonio da cidade , assim como os trilhos da NOB era. não se intimide pois sabemos separar o bom do mal politico.
 
Juarez delmondes em 26/02/2011 06:20:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions