A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Março de 2019

12/11/2018 08:08

Temer vem à Capital para autorizar reforma em escola, confirma governo

Ministro da Educação deve acompanhar presidente durante compromissos em Campo Grande

Liniker Ribeiro
Presidente Michel Temer e Reinaldo Azambuja, governador de Mato Grosso do Sul (Foto: Divulgação)Presidente Michel Temer e Reinaldo Azambuja, governador de Mato Grosso do Sul (Foto: Divulgação)

O Governo de Mato Grosso do Sul confirmou a presença do Presidente da República Michel Temer (MDB), nesta terça-feira (13), em Campo Grande. Acompanhado do ministro da Educação, Rossieli Soares, Temer autorizará ao lado do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), obras de restauração e melhorias na Escola Estadual Lúcia Martins Coelho.

Conforme adiantado pelo Campo Grande News na coluna Jogo Aberto desta segunda-feira (12), a visita de Temer começou a ser preparada na semana passada, quando equipes do Bope (Batalhão de Operações Especiais) estiveram vistoriando dependências da escola.

Conforme assessoria de imprensa do governo, a cerimônia que contará com a presença do presidente está prevista para às 10h, na própria escola. A secretária de Estado de Educação, Maria Cecília Amendola da Motta, também participa do evento.

Com 260 alunos matriculados, a Escola Lúcia Martins Coelho atende há dois anos na modalidade em tempo integral. Serão investidos R$ 2,9 milhões na obra de revitalização da unidade de ensino, sendo R$ 2,1 milhões em recursos do governo estadual.

Outra escola que deve receber Temer é a José Barbosa Rodrigues, no bairro Universitário. No local será realizada cerimônia de entrega da obra de ampliação e reforma do prédio, que começou em novembro de 2017 e foi concluída no mês de setembro. O evento está programado para começar às 11h30.

A unidade teve os banheiros reformados, além da construção de uma sala de convívio para professores, ampliação da cozinha e refeitório, troca do sistema de iluminação e pintura. Ao todo, 420 estudantes estão matriculados, atualmente, na escola.

Apesar da confirmação do governo, os compromissos em Campo Grande ainda não foram publicados pelo Planalto na agenda do presidente. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions