A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

30/05/2008 17:00

Teruel comemora decisão do PDT, mas rejeita ser vice

Redação

O deputado estadual Pedro Teruel, do PT, comemorou nesta tarde, em Brasília, o interesse do PDT de fazer uma aliança com a legenda para disputar a sucessão municipal de Campo Grande, após o encerramento das conversas entre pededistas e peemedebistas. Mas rejeitou a idéia de que o candidato do PDT, o deputado federal Dagoberto Nogueira, seja o cabeça de chapa e ele o vice.

Num cenário assim, segundo Teruel, ele não gostaria de ser o candidato.

O deputado, que passou a sexta-feira em Brasília buscando apoios a sua candidatura, disse que acha muito difícil a militância do PT aceitar uma mudança na canditura que, na visão dele, já conseguiu importantes aliados. Em Brasília, Teruel disse ter conversado com o presidente do PT, Ricardo Berzoini, com o senador Eduardo Suplicy, a quem convidou para participar do encontro regional do partido no domingo, em que espera ter a candidatura homologada.

Indagado sobre a informação divulgada pelo deputado Ari Rigo, presidente do PDT, de que já iniciou conversas com os petistas, Teruel disse desconhecer. Segundo ele, negociações do tipo devem ocorrer entre os presidentes do PT, Thaís Helena em Campo Grande e o deputado Amarildo Valdo da Cruz no Estado. Os dois foram procurados, mas não foram localizados pela reportagem.

Teruel considera que há dois cenários possíveis com o PDT tendo desistido de apoiar o PMDB. Um, afirma, é a coligação com o PT, com ele como candidato a prefeito e Dagoberto como vice. O outro é que os dois partidos lancem candidatos próprios e apóiem um ao outro em caso de segundo turno.

O deputado disse ter ficado contente com a escolha dos pedetistas, que segundo a avaliação de Teruel, não poderia mesmo ficar do lado da coligação do PMDB, que tem entre os integrantes o PSDB e o DEM, que, conforme ele, têm histórico e conteúodo programático muito diferentes do PDT.

Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions