A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

03/02/2012 08:57

Trad nega preferência e diz que candidato será escolhido por pesquisa

Wendell Reis
Prefeito avalia que os três candidatos que concorrem pelo grupo são competentes e diz não ter preferência(Foto: João Garrigó)Prefeito avalia que os três candidatos que concorrem pelo grupo são competentes e diz não ter preferência(Foto: João Garrigó)

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), nega que tenha preferência por um dos três candidatos que disputam o apoio dele e do governador André Puccinelli (PMDB) para ser o candidato a prefeito em Campo Grande nas eleições do mês de outubro.

Muitos acreditam que o prefeito Nelson Trad Filho tem inclinação por Luiz Henrique Mandetta (DEM), que é seu primo e, consequentemente, mais próximo. A ascensão de Mandetta garantiria a campanha de Trad para o Governo do Estado em 2014.

Pessoas mais próximas ao prefeito temem que a eleição de Edson Giroto (PMDB) prejudique a candidatura dele, tendo em vista que Giroto é mais próximo ao Governador André Puccinelli. O governador já declarou que em 2014 pretende eleger Trad ou a vice-governadora Simone Tebet (PMDB), escolhendo quem estiver melhor nas pesquisas. Todavia, Puccinelli pode concorrer ao Senado Federal, sobrando apenas uma vaga.

Questionado sobre esta possibilidade, Trad diz que não está preocupado e não tem preferência. “Não mudei uma vírgula de toda esta história. O que vai valer é o que foi combinado com os três candidatos do nosso grupo e com o governador. Pesquisa qualitativa e quantitativa. Quem estiver melhor vai ganhar. Qualquer um dos três para mim está bom. O Giroto foi meu secretário, como o Mandetta foi. O Paulo (Siufi) é presidente da Câmara. Os três têm condições. Quem estiver melhor na pesquisa vai ser”.

Mandetta é o único fora do PMDB que continua na disputa para ser o candidato a prefeito de Campo Grande. Na manhã de ontem (2), ao ser questionado sobre a posição do diretório estadual, que defende candidatura de um candidato do PMDB em Campo Grande, o que excluiria Mandetta, Puccinelli declarou: “O compromisso assumido por quem tem palavra terá que ser cumprido”.

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions