A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

21/07/2009 07:39

Três pastas da administração Artuzi continuam vagas

Redação

O prefeito de Dourados, Ari Artuzi (PDT), ainda não conseguiu ocupar todos os cargos de primeiro escalão da administração que ficaram vagos após o pedido de demissão apresentado por cinco secretários e dois assessores especiais acusados de ligação com as organizações lideradas pela família Uemura e pelos irmãos Everaldo e Eduarte Dias Leite. As baixas aumentaram com a saída do secretário de Planejamento, Neno Razuk, no mesmo dia em que foram publicadas as demissões dos implicados nas operações Owari e Brothers.

Na semana passada o prefeito nomeou o engenheiro Dílson Cândido de Sá para ocupar interinamente a Secretaria de Obras em substituição a Carlos Ióris. Dílson de Sá é funcionário de carreira da prefeitura.

Também foi nomeado o médico Mário Eduardo Rocha Silva, filiado ao DEM, para a Secretaria Municipal de Saúde. Ele substitui o dentista Sandro Barbara, que ficou menos de dois meses no cargo. Já o advogado Alziro Moreno, que ocupava a Procuradoria-Geral do Município, foi efetivado na Secretaria de Governo no lugar de Darci Caldo

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions