ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, QUINTA  02    CAMPO GRANDE 29º

Política

Único petista na cúpula do Dnit pede demissão

Por Paulo Fernandes | 22/07/2011 21:43

Diretor de Infraestrutura Rodoviária do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), Hideraldo Caron entregou na tarde desta sexta-feira sua carta de demissão ao ministro Paulo Sérgio Passos (Transportes).

Ele era o único indicado pelo PT na direção do órgão. O Dnit é comandado pelo PR desde o governo Lula.

Caron estava desde 2004 no Dnit. Ele era o responsável pelas aprovações ou vetos a aumentos no valor de contratos de obras em andamento.

Segundo o site Folha.com, Caron foi barrado ontem pela presidente Dilma Rousseff em uma reunião do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) de rodovias.

Ele é acusado de ter dado prioridade ao Rio Grande do Sul, seu Estado de origem, ao longo de sete anos como diretor do departamento.

O Ministério dos Transportes é alvo de suspeitas de corrupção, desde a reportagem da revista "Veja", no dia 2 de julho, revelando um suposto esquema de pagamento de propinas em obras federais da pasta.

Dezesseis pessoas já foram demitidas por causa das denúncias de superfaturamento e pagamento de propina envolvendo o ministério, a Valec e o Dnit, incluindo o ex-ministro Alfredo Nascimento (PR-AM).

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário