ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 26º

Política

Vereador de Jateí é reeleito presidente da União das Câmaras de Vereadores

Jeovani Vieira (PSDB) recebeu 219 votos contra 192 votos de Gilson Oliveira Ferreira, o "Bicão"

Por Adriano Fernandes | 22/09/2021 20:04
Foto: Participantes do pleito que foi realizado nesta quarta-feira, na Capital. (Foto: Divulgação)
Foto: Participantes do pleito que foi realizado nesta quarta-feira, na Capital. (Foto: Divulgação)

O  vereador de Jateí, Jeovani Vieira dos Santos (PSDB) foi reeleito o presidente da União das Câmaras de Vereadores, nesta quarta-feira (22), em Campo Grande. Candidato pela chapa “Força, Trabalho e Fé”, Jeovani recebeu 219 votos contra 192 votos do seu concorrente, o vereador de Aral Moreira, Gilson Oliveira Ferreira (MDB), o “Bicão”, da chapa “Renovação, União e Transparência”.

Participaram da eleição 412 votantes, entre vereadores, ex-vereadores e sócios beneméritos. Apenas um ex-vereador votou em branco. Apesar do resultado desta quarta-feira, os pedidos de impugnação apresentados pelas duas chapas, podem mudar o rumo da eleição. Jeovani Vieira entrou com um pedido de impugnação da candidatura do rival, alegando que as assinaturas das pessoas listados na chapa do concorrente, não correspondiam com as dos participantes do pleito.

Já "Bicão" também fez outros três pedidos de impugnação de Vieira, exigindo que o presidente reeleito comprove os pagamentos das mensalidades dos ex-vereadores que compõem a sua chapa, à UCV. As chapas tiveram até as 19h de hoje para apresentar defesa aos pedidos de impugnação.

"Amanhã nos reuniremos com o nosso jurídico para avaliar se  essas acusações são pertinentes ou não, e também analisar os argumentos e as defesas de cada chapa", comentou o presidente da comissão, que organiza a eleição, o vereador Alírio Vilassanti (PSL).

A eleição para a direção da UCV (União das Câmaras de Vereadores), nesta quarta-feira (22), começou com confusão e polícia em função das divergências entre as duas chapas , e terminou por volta das 17h.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário