ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, TERÇA  13    CAMPO GRANDE 23º

Política

“Vim para a fila dos que fazem”, diz senadora ao lançar projeto Brasil Certo

Lançamento reuniu Soraya Thronicke e influenciadoras Camilla Telles e Andressa Biata

Por Helio de Freitas, de Dourados | 08/03/2021 21:14
Soraya Thronicke (de azul) durante lançamento de projeto em Dourados (Foto: Divulgação)
Soraya Thronicke (de azul) durante lançamento de projeto em Dourados (Foto: Divulgação)

A senadora Soraya Thronicke, presidente do PSL Mulher, lançou na noite de hoje (8), Dia Internacional da Mulher, o projeto nacional “Brasil Certo – Mulheres Mudando o Brasil”. O lançamento por videoconferência transmitida pelo YouTube ocorreu em Dourados, a 233 km de Campo Grande, cidade natal da senadora, e contou com a participação das influenciadoras do agronegócio Camilla Telles e Andressa Biata.

“O Voluntariado é exercício de cidadania responsável e madura. Pode sim trazer resultado. Eu resolvi sair da fila dos que reclamam e criticam e vim para fila dos que fazem”, afirmou Soraya Thronicke.

Com eventos online em várias regiões do País, o “Brasil Certo” vai ofertar 50 cursos por aplicativo. A proposta é orientar mulheres sobre como participar da política de forma responsável, defender seus direitos, fiscalizar recursos públicos, mobilizar a comunidade e se comunicar de forma eficaz nas redes sociais.

“Há 10 anos, minha mãe pediu ajuda. Fui embora de Campinas, larguei a empresa e voltei para Mato Grosso do Sul assumir a fazenda”, disse Andressa Biata, pecuarista, empresária, comunicadora e digital influencer. “Não quero ensinar ninguém, quero inspirar, disse sobre sua página no instagram.

A influenciadora afirmou que amou o projeto de Soraya Thronicke assim que recebeu o convite. “Algumas palavras me chamaram a atenção. Eu vi o vídeo da senadora e gostei do conteúdo”.

Anitta - Produtora rural, empresária e formada em relações públicas, Camilla Telles tem 26 anos e se tornou influenciadoras do mundo agro na internet. “De botina ou se salto alto, as mulheres conseguem fazer acontecer. A gente assume compromissos na vida e temos de ter vontade e coragem de assumir riscos”, afirmou ela no lançamento do projeto.

“Tinha tanto orgulho de ser colona, de ser da roça”, comentou Camila Telles sobre como era conhecida na faculdade de relações públicas. “Voltei para a cidade para trabalhar na CNA [Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil]. E acabei viralizando. Pedi demissão porque percebi que tinha que defender o agronegócio”.

Camilla contou que seu primeiro vídeo que viralizou foi uma paródia da funkeira Anitta. “Pensei: A Anitta que sabe cantar e dançar pode falar mal do agro, então eu que sou do agro posso cantar e dançar. O desejo de nos expor nos transforma. Ele nos torna um pouco mais corajosos a cada vez”.

Fechando o evento, Soraya Thronicke destacou a coragem destas e de tantas mulheres brasileiras de se atirar e literalmente “abrir as porteiras” diante da necessidade de novos caminhos.

“Não tem outro jeito: se queremos um Brasil melhor, precisamos juntar pessoas e unir propósitos. É esta inspiração que quero levar hoje a todas as mulheres do Brasil”, afirmou. “Se você quer um Brasil melhor e quer fazer a diferença, seja bem-vinda ao Brasil Certo. É feito para você mulher, mas todos os homens são bem-vindos”, disse ela.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário