A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Agosto de 2017

31/05/2016 11:39

Visita de Bolsonaro a Campo Grande vai durar dois dias e incluirá carreata

Parlamentar participará do lançamento da pré-candidatura do deputado Coronel Davi

Mayara Bueno e Leonardo Rocha
Deputado federal Jair Bolsonaro (PSC). (Foto: Jornal O Globo)Deputado federal Jair Bolsonaro (PSC). (Foto: Jornal O Globo)

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) passará dois dias em Campo Grande, na semana que vem. A visita, que acontece por conta do lançamento da pré-candidatura do deputado Coronel Davi a prefeito, incluirá ainda uma carreata do Aeroporto Internacional da Capital até o local onde o parlamentar federal concederá entrevista coletiva.

Segundo Coronel Davi, Bolsonaro chegará em Campo Grande na quinta-feira (9), ainda sem horário definido. Lá, ele será recebido por uma comitiva do PSC e seguirá em carreata para o local da entrevista. Na sexta-feira (10), acontecerá o evento oficial do partido na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, onde ocorrerá o lançamento da pré-candidatura de Davi.

A vinda de Bolsonaro deve ser agitada, uma vez que o parlamentar recebe muitas críticas, mas também tem um público cativo. A sua visita a Campo Grande já gerou polêmica na Câmara Municipal, quando o vereador Roberto Durães (PSC), quis homenagear o correligionário com o título de cidadão ilustre.

Na última vez que o deputado federal esteve em Campo Grande, no ano passado, também foi homenageado com a "medalha Tiradentes", gerando muitas críticas e até protestos em frente ao evento, realizado no Comando Geral da Polícia Militar.

Candidatura - O parlamentar já havia dito a intenção de tentar a eleição para a Capital, mas a oficialização acontecerá agora. Para ele, o PSC “cresceu muito no Estado”, agora com um deputado estadual e um senador – Pedro Chaves é da mesma legenda e assumiu a vaga aberta por Delcídio do Amaral (sem partido), que teve o mandato cassado.

Ainda conforme o parlamentar, a aquisição das vagas no Legislativo trouxe também o convite de “vários partidos”, interessados ter o PSC como aliado nas eleições deste ano. É o caso do PMDB, segundo o deputado Marcio Fernandes, que garante buscar uma parceria com o partido de Bolsonaro. No entanto, coronel Davi mantém que a legenda manterá candidatura própria.

 

 




Seja bem vindo Bolsomito, vamos esperá-lo no aeroporto!
 
Romulo Vieira em 01/06/2016 09:57:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions