A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

28/01/2012 11:43

Ponto de mototáxi e poste “expulsam” pedestre de calçada perto de escola

Aline dos Santos
Foto mostra ponto de mototáxi e poste construídos sobre a calçada (Foto: Marcelo Borges) Foto mostra ponto de mototáxi e poste construídos sobre a calçada (Foto: Marcelo Borges)

A falta de acessibilidade na rua São Francisco de Assis, próximo ao colégio Estadual Hércules Maymone, foi registrada por um leitor do Campo Grande News. Um poste e um ponto de mototáxi impedem a livre circulação pela calçada.

“O pior que eu perguntei aos mototaxistas, por onde que o pedestre passa por ali, um deles fez chacota com a minha cara: pelo meio da rua e me disse para eu ter cuidado com o carro”, relata o leitor Marcelo Borges.

Ele afirma que já denunciou a situação à Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) e à Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano).



E onde esta o direito de ir e vir, quanto a chacota, uma boa parcela de mototaxistas e taxistas não tem educação.
 
Nilson André em 29/01/2012 10:41:56
Muito comum isso em Campo Grande, falta fiscalização , por todo lado se vê barracas com algum tipo de comércio instalada em área pública , fazem até gato de energia, água em ocupação de espaço destinado à outra finalidade . Canteiro vira extensão de lanchonete, conveniência e assim vai levando.
 
geraldo cançado em 29/01/2012 09:27:42
Péssimo exemplo que esses mototaxistas, desse ponto de mototáxi, dão à sociedade.
Constroem um ponto em uma calçada, que aliás é pública e impede a passagem de pedestres.
Esse é o nosso Brasil do famoso "jeitinho brasileiro".
 
Lais Oliveira em 28/01/2012 12:53:50
Prezado Marcelo Borges!!! Esta não é uma via de acesso aà escola Hercules Maymone, pois os alunos saem, em sua grande maioriia do terminal de ônibus, sou morador na região e presencio diariamente esta situação. O que é desagradável, é a educação do mototaxista, lembro tambem que antes não havia nem calçada nesta região, e foram os mototaxistas que providenciaram a mesma!!!
 
moises santos em 28/01/2012 12:50:00
Eu acho tudo engraçado,essa lei de acessilidade, só obriga a população fazer calçada com o piso tatel mas desobriga os orgãos publicos como estadual, municipal , crea.
Agora até mototaxistas tem direito de fazer o que quiser na via publica.
 
Gerson Filho em 28/01/2012 07:49:35
Concordo plenamente com a leitora Ana Cristina, o fato de terem construído a calçada não lhes da o DIREITO de impedir a passagem do cidadão, sou moradora da região e volta e meia me vejo no meio da rua me desviando dos carros que vão e vem nessa rua e ainda é mão dupla, estava me esquecendo de ressaltar que sou deficiente visual severa, mas tenho meu direito de ir e vir garantido pela constituição
 
Cris Rodrigues em 28/01/2012 06:58:49
Ao invés da prefeitura ficar exigindo piso táctil nas calçadas, para facilitar a vida dos cegos, o que não sou contra, deveria fiscalizar primeiro as condições das nossas calçadas que em grande parte estão uma vergonha. Tem muita gente relaxada que acha que a calçada é particular e não está nem aí com os buracos, obstáculos e sujeira. Outros plantam um jardim deixam 20 cm de espaço para pedestre
 
Paulo Lemos em 28/01/2012 05:59:28
Prezado Moisés Santos, o fato de terem ou não feito calçada no local não dão aos mesmos o direito de impedir aos cidadãos que por ali transitam seu direito previsto em nossa constituição..." O DIREITO DE IR E VIR" . Educação e caldo de galinha nunca fez e nunca farão mal a ninguém....#ficaadica#
 
Ana Cristina em 28/01/2012 05:29:25
Muito estranho esta foto do ponto de mototaxi com motos sem serem brancas,pelo que sei são brancas as motos de campo grande. E as motos estão estacionadas corretamente, na rua,o que esta errado e essa construção na calçada.
 
laércio araujo em 28/01/2012 01:38:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions