A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

16/06/2014 08:54

Com R$ 40 mil arrecadados, pecuaristas fazem novo leilão para hospital no dia 22

Bruno Chaves
Primeiro leilão da campanha foi realizado na semana passada e arrecadou R$ 40 mil (Foto: Divulgação/Assessoria)Primeiro leilão da campanha foi realizado na semana passada e arrecadou R$ 40 mil (Foto: Divulgação/Assessoria)

A próxima edição do “Leilão pela Vida”, promovido pela classe ruralista de Mato Grosso do Sul com a intenção de arrecadar fundos para manter a operacionalidade do Hospital do Câncer de Campo Grande, acabando com um déficit mensal de R$ 435 mil, acontecerá no dia 22 de junho. Até o momento, R$ 40 mil foram arrecadados.

O movimento é integrado pela Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado) e por sindicados rurais de diversas cidades. O primeiro leilão foi realizado na última sexta-feira (13), durante a programação da 46ª Expomara, em Maracaju – a 160 quilômetros de Campo Grande.

O pregão contou com touros Nelore PO (Puro Origem), novilhas, doses de sêmen e produtos típicos do município como o tradicional Bolo Souza e a Linguiça de Maracaju, todos doados por produtores da região. Foram aproximadamente R$ 40 mil arrecadados. Conforme a Famasul, uma data para a entrega do donativo ainda será marcada.

A segunda atividade da campanha de leilões acontecerá durante a segunda Exposição Agropecuária de Figueirão – a 226 quilômetros da Capital –, que será realizada entre os dias 20 e 22 de junho. O leilão ocorrerá no último dia do evento.

Hospital do Câncer Alfredo Abrão – Atualmente, a entidade precisa de R$ 2,1 milhões mensais para manter atividades, média de 9,1 mil procedimentos ao mês. Entretanto, a receita líquida mensal não passa de R$ 1,7 milhão, o que gera um déficit mensal de R$ 435 mil.

Em 2013, foram 110 mil procedimentos realizados. Dessa forma, o hospital se mantém devido a doações particulares, repasses e recursos de emendas parlamentares.

“O produtor rural tem tradição de participar de ações beneficentes, cumprindo com seu papel social. Mobilizar em prol da saúde da comunidade sul-mato-grossense é gratificante e teremos à frente desta ação a representatividade dos sindicatos rurais”, comentou o presidente da Famasul, Eduardo Riedel.

Pecuaristas fazem doações para leilão arrecadar fundos e destinar a hospital
O leilão beneficente que terá o valor arrecadado destinado ao Hospital de Câncer Alfredo Abrão de Campo Grande contará com novilhas, doses de sêmen d...
MPF cobra adoção de monitoramento eletrônico de aeronaves agrícolas
O MPF (Ministério Público Federal) recomendou à Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) que apresente, no prazo de 60 dias, um cronograma de ações p...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions