A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

11/08/2018 13:01

Projeto de incentivo à piscicultura é lançado em Mato Grosso do Sul

Além disso, evento da Copasul levou palestras sobre criação e mercado de tilápias e linhas de crédito

Danielle Valentim
Proposta do projeto envolve produtores, pesquisadores, assistência técnica, mercado, consultores e outros representantes de instituições da cadeia produtiva. (Foto: Divulgação)Proposta do projeto envolve produtores, pesquisadores, assistência técnica, mercado, consultores e outros representantes de instituições da cadeia produtiva. (Foto: Divulgação)

 

A Câmara de Naviraí, a 366 km de Campo Grande, recebeu nesta semana produtores, técnicos e estudantes da região do Conesul, para palestras sobre mercado e criação de tilápias, linhas de crédito e lançamento de projeto, que incentiva a piscicultura, uma das áreas que mais tem crescido no Estado.

O evento também contou com a presença do Superintende e Coordenador Federal da Pesca, Cesar Moura, o Superintendente da Sumapro (Superintendência de Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, Produção e Agricultura Familiar), Rogério Thomitão Beretta, o Chefe da Embrapa Agropecuária Oeste, Guilherme Asmus, e os prefeito de Naviraí, Dr. Izauri de Macedo, e Novo Horizonte do Sul, Marcílio Benedito.

A Sumapro levou informações sobre incentivos do Governo e o cenário da piscicultura no Estado e o Presidente da Peixe BR e diretor de Aquicultura da Sociedade Rural do Paraná, Ricardo Neukirchner, reforçou o crescimento da atividade.

"A produção de peixes, mais precisamente de tilápia, tem um potencial incrível de crescimento. Se olharmos todos os números, no Brasil e no mundo, sobre o que vai ser a piscicultura daqui alguns anos, veremos um cenário muito positivo. O consumo no mundo tem crescido, e a produção de peixe não está conseguindo atender essa demanda. É um cenário positivo para a Copasul e para o produtor", disse Ricardo.

Convênio com a Embrapa – A Copasul e a Embrapa assinaram um convênio de intenção para cooperação. Os órgãos, que já são parceiras em diversas atividades, deverão unir esforços visando à definição de um modelo de sistema de produção de tilápias para o estabelecimento da cadeia do pescado de forma integrada, ajustado para as condições da região.

A proposta do projeto envolve produtores, pesquisadores, assistência técnica, mercado, consultores e outros representantes de instituições da cadeia produtiva.

O evento recebeu piscicultores e potenciais produtores de Naviraí, Itaquiraí, Dourados, Eldorado, Ivinhema, Angélica, Anaurilândia e outros municípios da região.

Projetos de piscicultura de até 5 hectares estão isentos de licença ambiental
Projetos de piscicultura com até cinco hectares de lâminas d’água estão isentos do processo de licenciamento ambiental. A medida foi tomada pelo Imas...
Primeiro workshop sobre piscicultura quer fomentar a produção local
Mato Grosso do Sul tem produção anual de 5,6 mil toneladas de peixe, segundo o IBGE  (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e ocupa a 16ª ...
O Brasil precisa da piscicultura e ela do ministério forte
O Brasil está entre os 15 maiores produtores de peixes cultivados do mundo. Em 2014, foram 585 mil toneladas. Neste ano, serão mais de 600 mil e a pr...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions