A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

26/02/2015 13:10

Valor bruto das produções de milho, cana, leite e algodão deve cair em 2015

Caroline Maldonado
Lavouras de milho podem perder 13% em relação ao valor do ano passado (Foto: Cleber Gellio)Lavouras de milho podem perder 13% em relação ao valor do ano passado (Foto: Cleber Gellio)

O VBP (Valor Bruto da Produção) agropecuária deve atingir R$ 24,5 bilhões, em 2015, em Mato Grosso do Sul. A estimativa é do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento). Caso se concretize, o montante será 4% superior ao movimentado no Estado em 2014 e o mais alto dos últimos dez anos.

Para a produção pecuária, valor bruto de R$ 10,8 bilhões, contra R$ 9,6 bilhões do ano passado, o que representa alta de 12,5%. Já as lavouras devem ter valor reduzindo neste ano. A Assessoria de Gestão Estratégica do Mapa estima R$ 13,6 bilhões. Isso seria 1,4% a menos do que o valor de 2015, de R$ 13,6 bilhões. Ainda assim, a soja deve continuar em expansão e ter alta de no valor bruto da produção de 10%, passando de 6,4 bilhões, em 2014 para 7,1 bilhões.

As lavouras de milho podem perder 13% em relação ao valor do ano passado. O Mapa, prevê R$ 3,1 bilhões, contra R$ 3,6 bilhões alcançados em 2014. Para a produção de algodão, estão previstos R$ 360 milhões, o que seria o menor valor dos últimos cinco anos. Conforme o levantamento, em 2011 o montante da produção saltou de R$ 193 milhões para R$ 441 milhões. Neste ano, o recuo deve ser de 19%.

Dentre os que devem reduzir o valor bruto está também a cana-de-açúcar, que representou R$ 2,79 bilhões em 2014 e agora não deve passar de R$ 2,77 bilhões, o menor valor desde 2013. O valor da produção de leite também deverá ter retração, passando de R$ 224 milhões para R$ 221 milhões, o que significa 1,3% a menos neste ano. De toda forma, será um dos maiores valores dos últimos cinco anos.

Brasil – Em todo o país o VPB deve atingir os R$ 477,5 bilhões, o que representa 1,1% acima do obtido em 2014, que foi de R$ 472,5 bilhões. Das lavouras serão R$ 292,9 bilhões e da pecuária, R$ 184,6 bilhões. Conforme o Mapa, as estimativas são preliminares, pois ainda não há informações completas para alguns preços em 2015 e os dados de produção referem-se a janeiro.

Na lavoura, os produtos que vêm apresentando melhor desempenho são: mamona, com aumento de 121,2%; pimenta do reino, 23,0%; amendoim, 16,5%; café, 7,3%; laranja, 4,5% e soja, 4,9%. Entre os produtos com queda no VBP, em relação ao ano passado, estão tomate, cacau, cebola, maçã, milho, algodão, uva e cana-de-açúcar.

Na pecuária, o melhor desempenho é da carne bovina, que tem previsão para crescer 10,4% no faturamento, em relação a 2014. Em segundo lugar está a carne suína, com 3,8%, seguida pela carne de frango, com 3,5% e ovos, com 3,3%. O Sudeste continua na liderança do VBP; seguido pelo Sul e Centro-Oeste.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions