ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, QUINTA  18    CAMPO GRANDE 23º

Saúde em Equilíbrio

Dia Internacional das Mulheres: valorização, respeito e saúde

Por Dra Thais Cristina Leite (*) | 05/03/2024 10:23

Você sabia que o Dia Internacional da Mulher é uma importante data de reflexão sobre a importância do respeito e da valorização das mulheres em todos os aspectos da vida, inclusive na saúde? É fundamental lembrar que as mulheres precisam de cuidados especiais, tanto físicos quanto emocionais, e que isso está diretamente ligado à sua liberdade de ser quem elas são.

Por isso, é essencial que as mulheres tenham acesso a cuidados de saúde adequados, que respeitem suas necessidades e limites. Muitas vezes, as mulheres acabam se dedicando tanto aos outros que se esquecem de cuidar de si mesmas. Isso pode levar a problemas de saúde, como patologias hormonais e ortopédicas, que podem afetar diretamente a qualidade de vida. Um exemplo comum é a fibromialgia, uma condição caracterizada por dor muscular generalizada e sensibilidade nas articulações. Estudos mostram que as mulheres têm uma probabilidade muito maior de desenvolver fibromialgia do que os homens. Isso pode estar relacionado a fatores hormonais e ao estresse emocional, que podem desencadear ou piorar os sintomas.

Nossa dica de hoje é: para evitar desequilíbrios hormonais e problemas ortopédicos, é importante que as mulheres se permitam descansar quando necessário, pratiquem atividades físicas que fortaleçam a musculatura e articulações, assim como atividades que promovam o relaxamento e a liberação do corpo, que busquem orientação de profissionais qualificados, e cuidem da saúde mental. Além disso, é imprescindível que haja respeito à mulher, suas escolhas e seus limites, para que elas possam viver de maneira plena e saudável.

Portanto, neste Dia da Mulher, é fundamental lembrar a importância de cuidar da saúde das mulheres de forma integral, respeitando suas individualidades e promovendo o autocuidado e a valorização. Que cada mulher possa se sentir livre para ser quem é, se respeitar e ser respeitada, para viver com saúde e bem-estar.

(*) Dra. Thais Cristina Leite - Fisioterapeuta, formada em 2004 pela UCDB, com 20 anos de prática Clínica. Especialista em Gestão em Saúde/ Educação Especial e Inclusiva. FORMAÇÃO em Terapia Manual, Liberação Miofacial, Mobilização Neural, Ventosa Terapia, Terapia Floral, Método ProCURE, Formação em Análise Corporal e outras Técnicas Integrativas e Complementares em Saúde. Siga nas redes sociais: @dra.thaiscristinaleite.

Nos siga no Google Notícias