A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 24 de Junho de 2017

15/04/2013 10:40

Dnit retoma duas rodovias e planeja investir R$ 180 milhões na 060 e 463

Aline dos Santos
Rodovia continua como se fosse federal, apesar da estadualização há mais de 10 anos (Foto:Marcos Ermínio)Rodovia continua como se fosse federal, apesar da estadualização há mais de 10 anos (Foto:Marcos Ermínio)

Trechos das rodovias 060 e 463 vão retornar ao controle do governo federal a partir de maio. As vias estavam sob responsabilidade do governo de Mato Grosso do Sul desde 2002.

Conforme a assessoria de imprensa do Dnit/MS (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), a mudança faz parte de ação da União para ter maior controle sobre as rodovias na faixa de fronteira com outros países.

A alteração é nos trechos entre Campo Grande e Bela Vista (060) e Dourados a Ponta Porã (463). O primeiro tem 290 quilômetros e o segundo, 112 km.

O Dnit vai ser responsável pela manutenção das rodovias. Será feito estudo para avaliar em qual modalidade de programa as vias serão incluídas.

O Crema 1 (programa de recuperação das estradas federais) prevê contrato para dois anos e o Crema 2, para cinco anos. A previsão de investimento é de R$ 150 milhões a R$ 180 milhões com o serviço de conservação.

De acordo com a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), as vias foram repassadas pela MP (Medida Provisória) 82/2002 de forma indevida. Na época, o Governo do Estado recebeu uma compensação financeira para assumir o controle pela manutenção e conservação das duas rodovias. Agora, o Estado devolveu as rodovias.

O Governo federal retomou as duas estradas federais porque considera estratégica o controle por causa das ações de combate ao crime organizado, tráfico de drogas e de armas.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions