A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

07/05/2018 09:36

Maio Amarelo começa com uma morte por dia no trânsito de Campo Grande

Programação oficial do evento foi lançada na sexta-feira (4) e, somente no fim de semana, cinco perderam suas vidas

Danielle Valentim
Acidente fatal nas Moreninhas no sábado (5) matou adolescentes de 15 anos. (Foto: Direto das Ruas)Acidente fatal nas Moreninhas no sábado (5) matou adolescentes de 15 anos. (Foto: Direto das Ruas)

Sete pessoas morreram no trânsito de Campo Grande nos primeiros setes dias da Campanha Maio Amarelo, que promove atividades sensibilizadoras e educativas para o trânsito. A programação oficial foi lançada na sexta-feira (4) e, somente no fim de semana, cinco perderam suas vidas.

Antes do início da campanha, balanço apontou que em quatro meses, o trânsito de Campo Grande já havia matado 29 pessoas. Os dados foram obtidos por meio de levantamentos do BPTran (Batalhão de Polícia Militar de Trânsito), Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública), Santa Casa e, de matérias veiculadas pelo Campo Grande News.

Novo levantamento do Bptran aponta que nos últimos setes dias ocorreram 143 acidentes de trânsito, do total 82 não tiveram vítimas e 60 deixaram feridos. Em seis deles, sete pessoas morreram.

Acidentes - No dia 3 de maio, o idoso Jacinto Soares da Silva, de 93 anos, morreu na Santa Casa de Campo Grande, depois de ter sido atropelado por um motociclista, durante a manhã, na Avenida Presidente Vargas, esquina com a Avenida Júlio de Castilho, no Lar do Trabalhador em Campo Grande

No dia 4 de maio, horas depois do lançamento da Campanha Maio Amarelo, dupla não identificada, morreu atropelada na Avenida Gury Marques pelo veículo da vítima que havia acabado de roubar. Os assaltantes foram perseguidos e chegaram a disparar contra o empresário.

No dia 5 de maio, Fernando da Silva Azevedo, de 21 anos, e Mário Márcio Dias Martins, 15 anos, morreram  durante tentativa de ultrapassagem na Avenida Ipamerim, na Moreninha II.

No dia 6 de maio, Nilton Lima dos Santos, de 46 anos, morreu após a colisão entre um carro e a motocicleta que guiava na avenida Euler de Azevedo, em Campo Grande. Nilton estava em uma Yamaha R1 quando foi atingido por um Citroën C3 no sentido bairro-centro.

Acidente nas Moreninhas ocorreu durante tentativa de ultrapassagem. (Foto: Direto das Ruas)Acidente nas Moreninhas ocorreu durante tentativa de ultrapassagem. (Foto: Direto das Ruas)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions