A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019


28/02/2019 18:34

Holandeses e bolivianos são os que mais visitaram MS no último trimestre de 2018

Turistas do país europeu são os que mais vieram de avião, enquanto os da fronteira foram os que mais chegaram por via terrestre.

Gabriel Neris
Receita Federal de Corumbá, na fronteira do Brasil com a Bolívia (Foto: Kísie Ainoã)Receita Federal de Corumbá, na fronteira do Brasil com a Bolívia (Foto: Kísie Ainoã)

Os turistas da Holanda e Bolívia são os que mais visitaram o Estado no último trimestre de 2018, segundo o Boletim do Observatório do Turismo de Mato Grosso do Sul. Os nascidos no continente europeu são a maioria dos que vieram ao Estado de avião entre outubro e dezembro do ano passado, seguido por espanhóis e bolivianos.

A Bolívia é a primeira colocada no desembarque de turistas por transporte terrestre, seguida por Paraguai e Peru.

Conforme o boletim, os aeroportos de Mato Grosso do Sul (Bonito, Campo Grande, Corumbá, Dourados e Três Lagoas), registraram neste período 223.352 embarques e 217.248 desembarques. Somente na Capital são 72% de turistas.

A movimentação de passageiros em outubro apresentou queda de 0,07% em comparação com o mesmo mês de 2017. Foram 5.867 passageiros embarcados a menos. Em novembro a queda foi de 2.415 passageiros e dezembro a redução foi de 3.023 passageiros.

Dos 217.248 passageiros que chegaram ao Estado no último trimestre de 2018, 44,5% vieram de São Paulo, 18,4% do Rio de Janeiro e 5,8% do Rio Grande do Sul. Bonito foi o destino principal para a maioria, 44,9%, enquanto 38,3% desceram em Campo Grande. Outros 3,8% tinham como destino Corumbá.

Em Campo Grande foram abordados 2.354 passageiros, sendo 71,75% considerados turistas, que citaram 39 municípios do Estado como destino final de viagem. Além de Bonito, Campo Grande e Corumbá, também foram citados Aquidauana (2,43%), Dourados (2,43%), Ponta Porã (1,54%), Corguinho (0,71%), Rochedo (0,59%), São Gabriel do Oeste (0,47%) e Sidrolândia (0,47%).

Do outro lado, São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia foram os Estados mais citados como destino para os sul-mato-grossenses pesquisados na sala de embarque do Aeroporto Internacional de Campo Grande. Dezessete países foram citados, com preferência para Estados Unidos, Portugal e Alemanha.

Na rodoviária da Capital, a maioria dos passageiros que desembarcou vinha de Mato Grosso, São Paulo e Paraná. Já os principais emissores internacionais foram Bolívia, Argentina e Estados Unidos.

O valor médio da diária na hotelaria de Mato Grosso do Sul ficou em R$ 262,44 no último trimestre do ano passado, sendo o mais caro em Bonito, custando R$ 386,32, e o mais barato em Campo Grande, chegando aos R$ 167,43. A pesquisa também foi realizada em Corumbá (R$ 226,67), Dourados (R$ 182,71) e Três Lagoas (R$ 186,25).

imagem transparente

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.