ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, TERÇA  07    CAMPO GRANDE 23º

Lugares por Onde Ando

Turismo e esporte de aventura com natureza, diversão e adrenalina

Em junho, Bodoquena será cenário de trail run e trekking com percursos de 7.150 km, 12 km, 21 km e 30 km

Por Paulo Nonato de Souza | 27/02/2020 07:12
Competidora encara o desafio de cruzar o rio Sucuri na terceira edição do Trail Run Serra da Bodoquena (Fotos: Messias Ferreira/Divulgação)
Competidora encara o desafio de cruzar o rio Sucuri na terceira edição do Trail Run Serra da Bodoquena (Fotos: Messias Ferreira/Divulgação)

No Parque Nacional da Serra da Bodoquena, distante apenas 70 km de Bonito, Bodoquena é um dos destinos sul-mato-grossenses de ecoturismo mais procurados por turistas de todo o país e do mundo para a prática de esportes de aventura, uma mistura de adrenalina e contato com a natureza.

Se você gosta da sensação de adrenalina e curte o contato com a natureza em clima de competição, o esporte de aventura tem tudo isso, e Bodoquena oferece todas as condições que a modalidade sugere. Em junho, dias 5 e 6, a área rural do município será cenário da quarta edição do Trail Run Serra da Bodoquena com provas de Trekking (7.150 km) e Trail Run (12 km, 21 km e 30 km).

Em Bodoquena, a Corrida de Trilha (na tradução do inglês) ganha contornos de espetáculo pela beleza das paisagens por caminhos secundários em meio a natureza, repletos de montanhas, rios, cachoeiras e muitas subidas e descidas.

A corrida de trilha em meio a natureza com todos os desafios para os competidores (Foto: Messias Ferreira/Divulgação)
A corrida de trilha em meio a natureza com todos os desafios para os competidores (Foto: Messias Ferreira/Divulgação)

Mas se você preferir apenas curtir a natureza, sem competir, são muitas as atrações para contemplação da natureza, como a trilha ecológica da Boca da Onça em 4 km de mata a partir da Fazenda Boca da Onça, distante 36,3 km em relação ao centro da cidade de Bodoquena, com dezenas de cachoeiras. Listamos abaixo seis cachoeiras e um córrego para você aproveitar o passeio em Bodoquena:

1 – CACHOEIRA BOCA DA ONÇA

Com 156 metros de altura é a mais famosa e uma das mais visitadas pelos turistas. O rapel de plataforma instalado no alto da cachoeira é considerado o maior do Brasil com estrutura metálica de 34 metros de comprimento, avançando 15 metros sobre o precipício do rio Salobra. Mas para fazer o rapel há algumas restrições, além de um treinamento de preparação no receptivo com rapel de 7 metros.

2 - CACHOEIRA BURACO DO MACADO

Tem 7 metros de altura, 9 metros de largura e 4 metros de profundidade. É uma gruta formada pela erosão do córrego da Boca da Onça com entrada por um túnel de 5 metros. Você entra a nado pelo túnel e observa a água cair em seu interior.

A cachoeira é um dos pontos de banho da trilha ecológica. De acordo com os guias, o lugar sempre chama a atenção dos turistas do Brasil e de várias partes do mundo.

3 – CACHOEIRA POÇO DA LONTRA

Esculpido pela natureza, o Poço da Lontra tem 4 metros de altura, 7 metros de circunferência e 2 metros de profundidade. O lugar é aberto para banhos, mas com a ressalva de que o colete salva vida é indispensável. A cachoeira Paço da Lontra fica a 35,4 km a partir do centro da cidade de Bodoquena com acesso pela estrada do Assentamento Canaã.

4 – CACHOEIRA GARGANTA DA ARARA

Está entre as mais belas da trilha ecológica da Fazenda Boca da Onça. É uma formação calcária com diversas tufas, um tipo de rocha esculpida pela água carregada de carbonato de cálcio dissolvido e vegetações nativas.

A cachoeira não é um dos pontos de banho, mas seu visual vale a pena. São três metros de altura e além da beleza é também uma oportunidade para conhecer como as tufas calcárias se formaram ao longo de milhares de anos.

5 - CASCATA DO JABUTI

É uma pequena queda d’água com alguns degraus logo abaixo que formam pequenas piscinas, e tudo isso construído pela própria natureza. O lugar é só para apreciação e registro de fotos porque nela não é possível banho. Com diversas formações rochosas em sua base em meio a mata nativa, a Cascata do Jabuti tem cerca de 5 metros e lembra um presépio de Natal.

6 - CACHOEIRA DO FANTASMA

Tem 21 metros de altura e uma piscina natural de 3 metros de profundidade. O volume da queda da água forma uma espécie de cortina natural no entorno de uma caverna que parece uma grande boca. Olhando com atenção você verá o formato de um rosto, os olhos, o nariz e a boca de um fantasma. No caminho de acesso, algumas frases motivacionais chamam a atenção dos visitantes. "Prefiro as lágrimas de não ter vencido do que a vergonha de não ter lutado", diz uma delas. A cachoeira não possui ponto de banho.

7 – CÓRREGO AZUL

A sétima sugestão não é uma cachoeira nem cascata, mas um lugar também de águas cristalinas. É o Córrego Azul, um ponto de flutuação e mergulho, distante 21 km do centro de Bodoquena.

As águas são tão transparentes que causam ilusão de ótica. Não se assuste se começar achar que a profundidade esteja a alguns centímetros, porque na realidade a fundura do rio pode ter entre 2 e 8 metros, dependendo do local. No local também é possível observar uma grande diversidade de plantas aquáticas e peixes. No período de cheia, o acesso ao Córrego Azul é feito de barco. Na baixa, os visitantes são levados de carro.