ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 25º

Lugares por Onde Ando

Veja 30 dicas para a sua viagem nas férias do fim de ano

Por Paulo Nonato de Souza | 28/09/2021 08:13
A vacinação está avançando, as fronteiras do mundo estão se abrindo, mas os cuidados com a Covid-19 permanecem (Foto: Francois Lenior/Reuters/Reprodução)
A vacinação está avançando, as fronteiras do mundo estão se abrindo, mas os cuidados com a Covid-19 permanecem (Foto: Francois Lenior/Reuters/Reprodução)

O final de ano está chegando e as férias também. Quem ainda não planejou sua viagem, a hora é agora para começar a fazer o seu planejamento e aproveitar o período da melhor maneira possível, sem esquecer de um novo componente chamado pandemia de coronavirus que mudou a nossa relação com as viagens. O mundo está voltando ao normal (novo normal), as fronteiras estão se abrindo, mas ainda não podemos relaxar.

Já são 232 milhões de brasileiros vacinados, 87,1 milhões 100% imunizados, conforme números atualizados nesta segunda-feira, 27, mas as recomendações ainda são as mesmas: uso de máscara, higienização, distanciamento e nada de aglomeração.

Talvez o conceito de viajar de férias para relaxar nunca mais seja possível. O fato é que viajar não é mais como antes. Por mais que queira se sentir a vontade, com certeza em algum momento da viagem irá se sentir inseguro à Covid-19 e suas variantes, mas é até bom que seja assim porque isso fará com que seja cuidadoso. O bom é que há muitas maneiras de reduzir os riscos de exposição ao vírus.

Por exemplo, a coluna Guia do Viajante, do jornal mineiro “O Tempo”, listou 30 dicas de cuidados que você pode tomar para passar longe do perigo da Covid-19 e das novas variantes durante a sua viagem. Confira todas elas abaixo:

1 - Certifique-se de que está com boa saúde antes de fazer a viagem e adie caso tenha febre, coriza, tosse insistente, dor de garganta ou falta de ar.

2 - Organize sua viagem com antecedência e busque informações sobre o local escolhido para não ter surpresas desagradáveis, como surto de Covid-19, praias fechadas, restrições, exigências etc., principalmente se for um destino no exterior. Lembre-se de que as regras mudam com muita frequência e rapidez. O ideal é consultar o site oficial de turismo do destino ou as embaixadas e consulados.

3 - Evite feriados, prefira a baixa temporada. Mas, se for viajar em feriados ou em alta temporada, evite destinos de turismo de massa ou dê preferência pra alugar uma casa. Os destinos de natureza, com atividades ao ar livre, estão bem cotados e são os mais indicados neste momento de pandemia.

4 - Leve uma bagagem de mão e não esqueça de colocar: frasco de álcool em gel de, no máximo, 500 ml; máscaras de reserva (como é preciso trocar de três em três horas, calcule o tempo de viagem e o número de máscaras necessário); squeeze com sua própria água e embalagens plásticas de diversos tamanhos para guardar as máscaras depois de serem utilizadas e outros objetos. Caso tenha sido vacinado, baixe o aplicativo do Conecte SUS e leve também o documento impresso. Se a viagem for para fora do Brasil, procure se informar em uma agência de viagens ou no site do destino se o documento brasileiro de vacinação é válido no exterior.

5 - Antes da viagem, consulte a política de cancelamento e remarcação do hotel e passeios, se estão de acordo com a legislação. A Lei 14.174/2021 garante ao consumidor o direito ao reembolso, ao crédito, à reacomodação ou à remarcação do voo independentemente do meio de pagamento usado para a compra da passagem. O reembolso deve ocorrer dentro do período de 12 meses, sem penalidades, a contar da data do voo cancelado.

6 - Só viaje com um seguro-viagem com cobertura para Covid-19 e o contrate antes da viagem. Observe as cláusulas do contrato e as coberturas.

7 - Nas viagens nacionais, prefira o deslocamento em carro próprio e para locais mais próximos, em um raio de 400, 500 km. Caso escolha a viagem de avião, opte pelos voos mais curtos, com menos conexões e menor espera em aeroportos.

8 - Se for viajar de avião, cuidado redobrado no aeroporto. Na área de embarque, mantenha distanciamento de outras pessoas, principalmente nas filas. Evite comer na praça de alimentação. Leve seu lanche para o voo, principalmente se este for longo. Não se alimente ao mesmo tempo que os passageiros à sua volta.

9 - Se for viajar de ônibus, verifique se a empresa adota os protocolos de higiene e segurança, entre eles a ocupação de 50% da capacidade. Mantenha a janela aberta no trajeto, e dê preferência à compra de bilhetes online. Leve seu próprio lanche para evitar comer no caminho. Observe se nos ônibus há álcool em gel e se os colaboradores usam máscara. Exija que o ônibus esteja regulamentado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

10 - Use máscara o tempo todo na viagem. Lembre-se também de levar algumas máscaras de reserva para o caso de molhar, sujar ou o elástico se romper. Troque a máscara sempre que for preciso ou após usá-la por três horas.

11 - Atenção: as máscaras não podem ter válvulas nem ter aberturas no tecido. Bandanas ou lenços não são permitidos nos voos. Protetores faciais do tipo face shield, só se tiver máscara por baixo. Máscaras de tecido feitas de algodão ou tricoline continuam sendo permitidas, mas devem ter mais de uma camada de proteção e estar bem ajustadas ao rosto, tapando a boca e o nariz. As máscaras cirúrgicas, PFF2 e N95 são as mais eficazes.

12 - Leve um frasco de álcool em gel na bagagem de mão, inclusive para os passeios, e utilize com frequência para limpar superfícies e higienizar as mãos.

13 - Mantenha o distanciamento de outras pessoas e evite aglomeração.

14 - Escolha um hotel que tenha implantado os protocolos de higiene e segurança. Descubra se o hotel está sendo firme com os hóspedes e fiscalizando os protocolos. Confira a opinião de outros viajantes nos sites de hospedagem. Procure se informar sobre os serviços do hotel: se oferece transfer privativo, se dá a opção de check-in online e se disponibiliza room service (refeição no quarto).

15 - Limpe a mala cuidadosamente assim que chegar ao hotel e quando retornar, em casa. Lembre-se de desinfetar com álcool 70% a alça a mala, o puxador do zíper, o cadeado, o lacre e até as rodinhas.

16 - Nos restaurantes dos hotéis, escolha um horário menos concorrido para as refeições ou se informe se há agendamento.

17 - No caso de viagem com criança, evite kid’s club e as atividades interativas com outras crianças, mesmo que monitoradas. Prefira a convivência em família.

18 - Observe se os prestadores de serviço (hotel, restaurante, agência de receptivo e de passeios) têm o selo Turista Responsável, do Ministério do Turismo, Safe Travels, do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTCC, na sigla em inglês) ou outros similares, oferecidos por autoridades locais. O Rio Grande do Norte, por exemplo, lançou o selo Turismo Mais Protegido.

19 - Dê preferência a pagamentos por meios eletrônicos ou digitais, evite manusear papel-moeda.

20 - Ao contratar passeios, prefira os tours privativos, porque são mais seguros.

21 - Depois dos passeios, pendure a roupa ao ar livre e só a reutilize 48 horas depois. É o mesmo procedimento de casa: saiu, chegou e lavou. No exterior, procure por lavadoras automáticas ou self-service. Se não der para lavar, leve peças para serem utilizadas a cada dia e coloque as combinações em embalagens de plástico para ficar mais seguro. Prefira também roupas que podem ser lavadas à mão e que sequem rápido.

22 - Os sapatos também devem ser higienizados depois de cada passeio. Leve chinelos para uso dentro da hospedagem.

23 - Escolha passeios ao ar livre ou lugares bem-ventilados. Nos bares e restaurantes, prefira as mesas ao ar livre.

24 - No caso de bares, restaurantes e passeio, verifique a ocupação e dê preferência para o uso de QR Code. Caso não tenha essa opção, higienize as mãos após utilizar o cardápio e qualquer outro equipamento oferecido.

25 - Cuide do meio ambiente e não utilize canudo ou copo descartáveis. Diga “não” às embalagens plásticas.

26 - Durante a viagem, não compartilhe objetos com outras pessoas. Viaje dentro de seu próprio grupo familiar ou de amigos.

27 - Respeite e valorize a cultura local, não coloque a comunidade em risco ou em perigo.

28 - Seja responsável pelo seu lixo, descarte-o em lugares adequados, inclusive as máscaras.

29 - Ao voltar da viagem, se quiser avaliar sua experiência nos sites, faça comentários corretos e honestos.

30 - Utilize sempre fontes confiáveis para se informar.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário