A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2017

13/01/2012 10:38

A educação ambiental nos livros didáticos e as mudanças no ensino de ciências

Silvio Profirio da Silva*

Durante muito tempo, o ensino, em perspectiva geral, foi norteado por uma concepção predominantemente tradicional, que concedia primazia a metodologias com um fim em si mesmas e, sobretudo, desvinculadas do campo social. Dentro dessa perspectiva, o ensino de Ciências, nas escolas brasileiras, foi orientado por uma concepção puramente teórica e conceitual, que centrava-se, predominantemente, em conceitos e definições. Estes, por sua vez, deveriam se reproduzidos na íntegra pelos alunos com o propósito de evidenciar sua "aprendizagem". Diante dessa postura didática, excluia-se a possibilidade de o aluno refletir acerca de questões de cunho social, que envolvem a coletividade e que comprometem o futuro de suas gerações posteriores, como é o caso da Questão Ambiental. Essa postura esteve refletida, durante décadas, não só na metodologia de ensino de Ciências, mas, sobretudo, na organização estrutural e conteudística dos livros didáticos dessa disciplina.

Nas últimas décadas, a temática/ problemática ambiental tem sido objeto de inúmeros estudos e pesquisas, ocasionando, assim, um intenso debate acerca dos efeitos das ações praticadas pelo homem em face da natureza. Ao lado da eclosão desses debates, surgem, também, diversos programas/ projetos com o objetivo de levar a espécie humana a se conscientizar acerca da extrema importância da conservação e preservação dos recursos naturais, como também levá-los a perceber as implicação e os reflexos que surgem como fruto de suas ações em relação à natureza. É nesse cenário que se fala em Educação Ambiental. Todos esses estudos acerca dos problemas ambientais têm se refletido no âmbito educacional, levando para a escola uma nova concepção de Ensino de Ciências pautada em perspectivas inovadoras que voltam seu olhar para a reflexão socioambiental. O que, por sua vez, articula os âmbitos sociedade, meio ambiente, ensino e cidadania.

No Brasil, esses estudos foram aplicados aos Parâmetros Curriculares Nacionais - PCNs, por meio dos quais o ensino, em uma perspectiva geral, passa a ser norteado por um enfoque interdisciplinar. Tal enfoque faz com que as diversas areas de estudos não se limitem em si próprias, ocorrendo, assim, uma articulação entre ambas. Mas, destaca-se, sobretudo, o fato de a partir dos PCNs, ocorrer o surgimento e a adoção dos Temas Transversais [a Ética, a Política, a Diversidade [em suas múltiplas formas], a Pluralidade Cultural, a Saúde, a Orientação Sexual, o Consumo, o Trabalho e, acima de tudo, o Meio Ambiente].

É nesse contexto que o Livro Didático passa a abordar questões sociais, objetivando levar o aluno a refletir e, consequentemente, atuar na sociedade. Esses novos paradigmas estão sendo adotados por diversos manuais didáticos de Ciências, com a pretensão de levar os alunos a compreender sua relação com o meio ambiente e, acima de tudo, leva – los a refletir acerca dos efeitos de suas ações em face da natureza. O que culminou no espaço dado à Temática Ambiental no ensino e, sobretudo, nos livros didáticos, a fim de promover a reflexão socioambiental e, por conseguinte, o desenvolvimento da consciência ecológico-preventiva.

(*) Silvio Profirio da Silva e professor

A bolha da saúde brasileira está prestes a explodir
A crise econômica e o crescente índice de desemprego da população brasileira refletiram diretamente no setor da saúde. Recente estudo revelou que mai...
Marchinhas do coração
Sei que existem as marchinhas preferidas do coração. São as do passado ou do presente, mas não é delas que quero falar, e, sim, do sofrido coração br...
Reforma da Previdência: aprofundando o deserto na vida dos trabalhadores
O cinema enquanto “sétima arte” muitas vezes busca retratar realidades cotidianas na telona. Não foi diferente o filme “Eu, Daniel Blake”, ganhador d...
O dilema das prisões brasileiras
No último mês de janeiro assistimos, estarrecidos, às rebeliões nos presídios de Manaus, Boa Vista e Natal. As cenas de corpos sem cabeças chocaram a...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions