A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 16 de Novembro de 2018

28/10/2017 07:15

Bloqueio na escrita acadêmica?

Por Wellington Anselmo Martins (*)

A seguir, algumas dicas e empurrões. Não espere pela inspiração! Você está escrevendo uma Monografia e não poemas vanguardistas para vencer o próximo Nobel de Literatura. Ok? Escrita acadêmica é trabalho! Só isso. Por isso, lute contra a preguiça e procrastinação. Comece a escrever já! Agora! Jamais espere "estar bem no corpo e na alma" para começar a digitar... Não deixe para depois, para "quando eu tiver uma ideia original". Não seja perfeccionista! O idealismo costuma ser sabotador! Mais vale um capítulo de artigo já rascunhado na mão do que uma nova tese de doutorado inteira nos seus sonhos.

E não romantize a ciência do Brasil. Jamais. Poucas pessoas irão ler o seu trabalho acadêmico. (Na verdade, poucas pessoas no Brasil sabem ler de verdade...). Isso é fato. Pouquíssimas. Nem a sua mãe vai querer ler a sua dissertação de mestrado... Mas há uma certeza, olha: o seu orientador, sim, este lerá o seu texto! Por isso, quando escrever, pense no seu orientador. Dê preferência para ter um retrato dele logo acima do seu computador. Isso vai ajudar na sua "inspiração". Vai ajudar a não se esquecer de quem realmente lerá a sua pesquisa.

Claro, de novo: não romantize a ciência no Brasil. Pois o seu orientador também é alguém muito ferrado. Ou seja, ele, sim, até que lerá o seu trabalho! Mas não é que vai ler ler mesmo, entende?! Por isso, não fique triste por nem o seu orientador notar aquela metáfora "genial" que você usou no seu texto. Ou aquele exemplo "inovador" que você criou. Se você ficar muito carente e tiver demasiada certeza de que algum argumento seu merece ser conhecido, apresente-o em comunicações acadêmicas. No Brasil, as pessoas têm mais facilidade para ouvir do que para ler (porque elas não sabem ler, lembra?). Às vezes, é incrível, mas até doutores são assim. A sua mãe também! Se quer mostrar para ela ou para seus amigos a sua pesquisa, não dê o texto escrito. Fale para eles! Quando você fala, eles têm mais vergonha de rejeitar cabalmente tudo o que você faz da vida.

E lá vai uma última dica, esta que contraria tudo o que é conselho comum: você pode continuar usando o Facebook e a Netflix enquanto escreve a mais sofisticada redação acadêmica! Pois não é a internet que atrapalha a escrita, é a preguiça! É a enrolação pra começar! E, claro, o idealismo! Enfim, pode deixar o Facebook aberto enquanto estiver escrevendo. Pois é mais produtivo escrever picadinho, de pouco em pouco, a cada 20 ou 30 minutos, e fazendo pausas para o café e redes sociais, do que ficar esperando aquele dia mágico em que você irá sentar na frente do seu pergaminho sagrado, durante um retiro longínquo com os monges beneditinos, e desenhará com penas, ininterruptamente por toda uma semana seguida, de um único fôlego, os novos princípios da pós-Física Quântica, que alargarão o estado da arte da condição humana deste terceiro milênio inteiro... Não. Poxa, é mais simples que isso: apenas sente a bunda na cadeira, agora e escreva! Só escreva! — Seja lá o que você escrever, mais tarde o seu orientador dirá que está tudo meio ruim mesmo.

(*)Wellington Anselmo Martins é Graduado em Filosofia (USC) e Mestre em Comunicação (Unesp).

Triste boa notícia
A leitura é um dos maiores prazeres da vida. Mergulhar fundo no mar de palavras de belezas naturais, que ficam maravilhosas quando juntadas com maest...
Fim do Ministério do Trabalho: avanço ou supressão de direitos?
Numa eleição marcada por antagonismos e forte polarização, todo ato do presidente eleito tem sido motivo de fortes críticas, com especial endosso e e...
Brasil — Vocação para o progresso
Nas comemorações dos 129 anos da Proclamação da República, reflitamos sobre o papel do Brasil no contexto mundial, que é também o de iluminar as cons...
Eu sou eu e...
A busca de orientação para nortear nossas vidas nos proporciona caminhos os mais variados. Na medida em que essa busca se realiza por meios que se ba...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions