A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

28/10/2017 11:51

Cartão de crédito conquista consumidores brasileiros

Por Eduardo Goni (*)

O consumidor tem buscado cada vez mais praticidade no seu dia a dia e a tecnologia tem sido uma grande aliada nesse sentido. Na hora da compra, o cartão de crédito tem ganhado a preferência por oferecer modernidade, segurança e praticidade. Você não precisa ir às compras e se preocupar em levar dinheiro em espécie ou, ainda, carregar folhas de cheque – algo obsoleto para a nova geração. De acordo com o Banco Central do Brasil (BC), em 2016 foram realizadas 5,9 bilhões de operações com cartões de crédito e 6,8 bilhões com cartões de débito, o que na comparação com o ano anterior representou um aumento de 6% e 5%, respectivamente.

E quando a movimentação é on-line, o cartão de crédito é o que traz mais facilidades, além de ser a principal porta de entrada para o mundo digital, incluindo sites e aplicativos de dispositivos móveis. É possível efetuar uma compra de qualquer lugar do mundo com apenas o cartão e um clique. Outro ponto positivo que conquista os consumidores são os programas de fidelidade, que trazem sempre benefícios, como a oportunidade de reverter os pontos por milhas aéreas, produtos e serviços exclusivos.

Essa movimentação é observada também na expectativa do mercado de cartões para 2018, que espera um crescimento de dois dígitos, impulsionado pela migração aos meios eletrônicos e também pela previsão de melhora macroeconômica. Para o final de 2017, a alta prevista está entre 5,5% e 7,5%, segundo a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs).

Para o Sicredi – instituição financeira cooperativa com mais de 3,6 milhões de associados e atuação em 21 estados brasileiros –, esse cenário tem sido ainda mais positivo que o apresentado pela média do mercado. Em 2016, o crescimento da área passou de 40%, impulsionado pela criação de novos produtos e pela chegada de novos associados. Para 2018, a estimativa é de potencializar esse incremento no mesmo ritmo.

Além disso, o Sicredi tem atuado com taxas consideradas mais competitivas, em média 30% abaixo do mercado. Um dos motivos para isso é que, no cooperativismo de crédito, cada associado também é dono do negócio, apoiando o desenvolvimento econômico e social da região e comunidade.

Mesmo com tantas facilidades e oportunidades, pode ser fácil desorganizar as contas. Por isso, para o Sicredi, a educação financeira tem papel fundamental na relação com cada um dos associados. O principal para os associados é saber que o limite do consumo deve estar dentro da capacidade de pagamento. Para isso, entre outras ações, a instituição financeira cooperativa envia periodicamente, junto à fatura do cartão, um informativo com dicas e facilidades, como, por exemplo, a chance de programar e parcelar pagamentos e obter descontos em sites.

(*) Eduardo Goni é gerente da Sicredi Cartões. 

 

Antônio Baiano – Um Gigante
Roseli Marla, minha cunhada querida, neste momento de profunda tristeza que todos estamos vivendo com a morte prematura do nosso querido Antônio Baia...
Projeto de lei pretende punir quem ocultar bens no divórcio
Quem milita na área do Direito de Família está, infelizmente, mais do que acostumado a se deparar com inúmeros expedientes para fraudar o direito à m...
Internet, Vínculos e Felicidade
A cada dia estamos passando mais tempo em celulares e computadores. Tanto que muitas vezes, quando maratonamos seriados, até a televisão pergunta: "t...
Origem espiritual da Profecia
Em minha obra Os mortos não morrem, transcrevo estudos abalizados e relatos interessantíssimos sobre a realidade da vida após o fenômeno chamado mort...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions