A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Novembro de 2019

14/10/2019 15:38

Acidentes com crianças e adolescentes geram 266 indenizações em MS

Deste total, 31 indenizações foram pagas por morte, 210 por invalidez permanente e outras 25 por reembolso de despesas médicas

Gabriel Neris
Menino de 15 anos foi morreu atropelado no Jardim Colibri, no domingo (Foto: Paulo Francis)Menino de 15 anos foi morreu atropelado no Jardim Colibri, no domingo (Foto: Paulo Francis)

Acidentes de trânsito envolvendo vítimas de 0 a 17 anos resultaram em 266 indenizações em Mato Grosso do Sul de janeiro a setembro, de acordo com a Seguradora Líder, administradora do seguro DPVAT (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres).

Deste total, 31 indenizações foram pagas por morte, 210 por invalidez permanente e outras 25 por reembolso de despesas médicas e suplementares. Os acidentes envolveram 217 pedestres e outros 49 passageiros.

Em comparação com o mesmo período do ano passado, houve leva aumento no número de indenizações pagas. Do 1º ao 9º mês de 2018, foram 253 indenizações para crianças e adolescentes, sendo 56 passageiros e 197 pedestres.

O DPVAT é um seguro obrigatório de caráter social que protege em casos de acidente de trânsito, sem apuração de culpa. Ele pode ser destinado a qualquer um em território nacional, seja motorista, passageiro ou pedestre e oferece três tipos de coberturas: morte (R$ 13,5 mil), invalidez permanente (R$ 135 a R$ 13,5 mil) e reembolso de despesas médicas (R$ até 2,7 mil). A proteção é garantida por até três anos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions