A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

05/06/2019 13:21

Delcídio não terá de pagar R$ 1,5 milhão de indenização a Lula

O petista cobrou danos morais porque o ex-senador o acusou de ter tentando obstruir as investigações da Lava Jato

Anahi Zurutuza
Delcídio do Amaral em entrevista ao Campo Grande News em 2018, quando foi candidato a senador pelo PTC (Foto: Marina Pacheco/Arquivo)Delcídio do Amaral em entrevista ao Campo Grande News em 2018, quando foi candidato a senador pelo PTC (Foto: Marina Pacheco/Arquivo)

O TJSP (Tribunal de Justiça de São Paulo) isentou o ex-senador por Mato Grosso do Sul, Delcídio do Amaral (ex-PT), de indenizar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em R$ 1,5 milhão. O petista cobrava danos morais porque o ex-senador o acusou em delação premiada de ter tentando obstruir as investigações da Lava Jato.

Delcídio disse que Lula teria pedido que o ex-senador evitasse que o ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró, firmasse um acordo de colaboração com o MPF (Ministério Público Federal). O ex-presidente nega.

De acordo com o depoimento de Delcídio, Lula estava preocupado que o pecuarista José Carlos Bumlai fosse preso em razão das delações de Fernando “Baiano” Soares e Nestor Cerveró e que, em razão disso, precisava de ajuda.

No pedido de indenização, os advogados de Lula destacaram que a participação do ex-presidente foi negada pelo próprio Cerveró, em depoimento à Justiça Federal de Brasília .

“Aliás, Cerveró foi além: disse que recebeu direta e indiretamente interferências do réu [Delcídio Amaral] — e de mais ninguém — para que não fizesse a delação premiada ou, se aceitasse fazê-la, para que não incluísse o seu nome em ilícitos que teriam praticado em concurso — em especial, no suposto recebimento de propinas da Alston e GE, além de valores que teriam sido solicitados para a campanha do réu [Delcídio Amaral] para o governo do Estado do Mato Grosso do Sul”, alegou a defesa de Lula.

Os advogados de Lula argumentaram ainda que o petista foi absolvido das acusações feitas por Delcídio, inclusive em processos da Lava Jato.

*Reportagem editada às 17h59 após Conjur corrigir informação sobre indenização

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions