ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, QUINTA  18    CAMPO GRANDE 25º

Cidades

Em MS, seis hospitais se propõem a realizar cirurgias eletivas complexas

Proposta de adesão faz parte do projeto "MS Saúde: Mais Saúde, Menos Fila", do Governo do Estado

Por Izabela Cavalcanti | 18/01/2024 08:38
Entrada do Hospital Adventista do Pênfigo, em Campo Grande, que se propôs a realizar cirurgia eletiva (Foto: Henrique Kawaminami)
Entrada do Hospital Adventista do Pênfigo, em Campo Grande, que se propôs a realizar cirurgia eletiva (Foto: Henrique Kawaminami)

Em Mato Grosso do Sul, seis hospitais apresentaram propostas de adesão para realizarem cirurgias eletivas de alta complexidade no projeto “MS Saúde: Mais Saúde, Menos Fila”. A lista foi divulgada nesta quinta-feira (18), no Diário Oficial do Estado.

Os hospitais que entregaram a documento à SES (Secretaria Estadual de Saúde) são: Santa Casa de Bataguassu; Hospital Adventista do Pênfigo de Campo Grande; Santa Casa de Cassilândia; Hospital Soriano Correa da Silva de Maracaju; Hospital Beneficente de Rio Brilhante; e Unidade Mista Nossa Senhora do Perpétuo Socorro de Santa Rita do Pardo.

Para isso, as unidades de saúde precisaram comprovar que já realizaram procedimento cirúrgico proposto em sua série histórica de produção ambulatorial e hospitalar ou apresentar projeto para execução destes procedimentos.

Os documentos enviados também devem conter estimativa com a quantidade de procedimentos a serem executados por mês e o quantitativo total a ser realizado no período de maio de 2023 a abril de 2024.

Projeto – A resolução dispõe sobre o Plano Estadual de Redução das Filas de Cirurgias Eletivas e ampliação do acesso aos procedimentos cirúrgicos eletivos e exames com finalidade diagnóstica no âmbito do SUS (Sistema único de Saúde).

A adesão ao projeto compete às secretarias municipais de saúde, juntamente com os estabelecimentos de saúde contratualizados ou contratados pelo SUS.

Os atendimentos começaram em 10 de julho do ano passado e seguirão até que sejam atingidas as 15 mil cirurgias declaradas como em espera pelo Governo do Estado, além de consultas e exames diagnósticos.

Deste total a ser alcançado, a SES informou que até 2 de janeiro de 2024 já foram realizadas 7.268 cirurgias eletivas.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias