ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  24    CAMPO GRANDE 25º

Cidades

MS confirma 22 mortes por covid neste domingo e 23 pacientes esperam vaga

Pandemia teve queda acentuada nas últimas semanas, mas ainda está em nível alto

Por Guilherme Correia | 25/07/2021 11:33
Fila de pessoas esperando a vez de serem imunizadas contra a covid, em Campo Grande (Foto: Arquivo)
Fila de pessoas esperando a vez de serem imunizadas contra a covid, em Campo Grande (Foto: Arquivo)

Boletim epidemiológico publicado neste domingo (25) atualiza 22 óbitos e 495 infectados pelo coronavírus em Mato Grosso do Sul, registrados nas últimas 24 horas. Segundo dados publicados pela SES (Secretaria Estadual de Saúde), há 23 pacientes aguardando abertura de UTI em todo Estado.

Maioria (22) estão na região campo-grandense, sendo 20 da própria cidade, além disso, há um paciente de Costa Rica e outro de Terenos. Na central de regulação de Dourados, há um paciente aguardando ser encaminhado, ele é de Caarapó.

A taxa de ocupação de leitos de terapia intensiva teve um pequeno aumento, estando agora em 69%, muito por conta de desativações ou alterações no fluxo regulatório de pacientes feitas em Campo Grande e Dourados.

A macrorregião da Capital possui 82% de suas UTI's (unidades de Terapia Intensiva) ocupadas por enfermos com ou sem coronavírus, enquanto a do maior município do interior sul-mato-grossense está ajustada em 70%. Corumbá (56%) e Três Lagoas (59%) seguem em situação melhor.

Vale lembrar que nos piores momentos do período pandêmico, esse índice chegou a ultrapassar 100%, indicando que havia superlotação em leitos hospitalares - mais pacientes que a demanda, internados em estruturas inadequadas ou improvisadas.

Depois de estar em queda por sete semanas, a média de óbitos teve um leve crescimento nos últimos sete dias, ainda que seja equivalente a menos da metade do ápice, registrado em meados de junho. Maior parte (15) das vítimas registradas hoje tinham menos de 60 anos.

Desde o início da pandemia, o Estado acumula 351,8 mil casos e 8.816 vítimas fatais registradas em decorrência da covid-19. Maior parte dos casos encontram-se recuperados, cerca de 334,5 mil.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário