ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  24    CAMPO GRANDE 31º

Cidades

Polícia apreendeu 15 mil em dinheiro com trio preso após caçada por terra e ar

Casal foi preso no fim da tarde de ontem e mais um homem foi pego hoje pela manhã

Por Anahi Zurutuza | 29/09/2020 10:19
Armas e munições apreendidas pela PRF e pelo Bope em operação (Foto: PRF/Divulgação)
Armas e munições apreendidas pela PRF e pelo Bope em operação (Foto: PRF/Divulgação)

Trio caçado por terra e ar foi preso e polícia apreendeu R$ 15 mil em dinheirona força-tarefa que mobilizou a PRF (Polícia Rodoviária Federal) e o Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), por terra e por ar, na tarde de ontem (28) após assalto em Ponta Porã. Os três são suspeitos de envolvimento em roubo a uma empresa especializada na construção de poços artesianos na fronteira, onde o dono, de 50 anos, e um funcionário foram feitos rendidos para que o trio fugisse com R$ 30 mil, armas, munições e celulares.

Os três foram presos em Jaraguari. Um dos homens, conforme apurou o Campo Grande News, é ex-empregado da firma roubada. Ele foi pego no Posto Carretão, localizado na BR-163, depois de ameaçar um borracheiro com uma pistola modelo Glock, calibre 9 milímetros,   equipada com um selecionador de rajada. O posto era justamente onde se concentraram as equipes policiais que foram empenhadas na caçada ao trio.

Com ele, segundo o Bope, foi presa uma mulher. Nesta manhã, a PM (Polícia Militar) de Jaraguari prendeu o segundo homem, mas não divulgou detalhes sobre a prisão, como local e horário.

Conforme balanço divulgado pela PRF nesta manhã, quatro armas de fogo foram apreendidas na operação. Além da pistola Glock que estava com o bandido pego no posto, informou o Bope, foram abandonadas pelos bandidos em matagal, três espingardas calibre 12 e 87 munições – calibre 12 e 9 mm, além de uma falsa carabina.

Policiais da força-tarefa também conseguiram localizar o equivalente a R$ 15,7 mil em dinheiro – sendo R$ 13 mil, 400 dólares e 930 mil guaranis.

A Polícia Civil de Jaraguari também não quis dar mais detalhes. Informou apenas que os três estão sendo ouvidos nesta manhã. Segundo a PRF, o trio deve responder por roubo, homicídio tentado, e porte ilegal de arma de fogo.

Assalto e fuga – Segundo as informações do site Porã News, o roubo em Ponta Porã aconteceu de manhã. Durante o crime, os bandidos ameaçaram matar toda a família do empresário caso eles fossem denunciados. Um criminoso dava cobertura para a dupla que chegou e saiu do local em um Renault Sandero com placas de Minas Gerais

Após acionada, rapidamente, a PRF instalou barreiras nas rodovias. Além do Bope, equipes do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Sequestros e Assaltos) e do GPA (Grupamento de Policiamento Aéreo) da PM foram acionadas para a caça.

O veículo foi abandonado próximo ao posto Carretão e os bandidos fugiram a pé.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário