A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

08/01/2008 13:44

Aposentados denunciam descontos ilegais do INSS

Redação

O Ministério Público Federal (MPF) expediu recomendações às agências do INSS da região de Dourados para que deixem imediatamente de fazer descontos em benefícios de aposentados e pensionistas, referentes a parcelas de pagamento de um produto chamado "almofada térmica vibratória". No município vários idosos procuraram o Procon para denunciar o desconto sem autorização.

O MPF enviou a comunicação à Gerência Executiva do INSS em Dourados e agências da Previdência Social de outros dez municípios: Naviraí, Iguatemi, Mundo Novo, Fátima do Sul, Amambai, Nova Andradina, Deodápolis, Rio Brilhante, Ivinhema, Maracaju e Bataguassu. A recomendação lembra que é ilegal qualquer desconto de empréstimos sem autorização. O documento estabelece, inclusive, prazo de 30 dias para que os diretores do órgão na região que se manifestem sobre o caso.

No Procon as reclamações são de que nos últimos meses os benefícios são pagos com diferenças referentes ao pagamento do produto. Mas as vítimas afirmam que nunca autorizaram o parcelamento. O problema levou o procurador da República Luiz Antonio Ximenes Cibin a instaurar um Procedimento Administrativo para investigar os fatos.

A Almofada Térmica Vibratória é indicada para dores na coluna e fadiga muscular. Na internet é encontrada por R$ 64,00 e até R$ 700,00.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions