A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

07/11/2013 16:36

Brasil recupera 397 veículos que estavam na Bolívia; 33 de Mato Grosso do Sul

Mariana Lopes e Filipe Prado
Delegada recebe dono de moto e deputados na delegacia para conferir os 397 veículos (Foto: Cleber Gellio)Delegada recebe dono de moto e deputados na delegacia para conferir os 397 veículos (Foto: Cleber Gellio)

Foram recuperados, nesta semana, 397 veículos furtados ou roubados que estavam na Bolívia. Deste total, 33 são de Mato Grosso do Sul e 55 de Mato Grosso. Entre carros, motos, caminhões e caminhonetes, todos estão no pátio da Defurv (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos), de Campo Grande.

De acordo com a delegada titular da Defurv, Maria de Lurdes Cano, o resto dos veículos é, principalmente, de estados brasileiros que também fazem fronteira com a Bolívia.

Do total recuperado, 21 proprietários de veículos Mato Grosso do Sul foram à delegacia buscar o respectivo transporte. Do Mato Grosso, apenas duas pessoas foram reaver os veículos.

O número baixo, principalmente em relação ao estado vizinho, é por causa da dificuldade em localizar os proprietários, pois muitos mudaram de endereço, conforma explica a delegada. A titular da Defurv afirma que tem veículos que foram roubados ou furtados em 2007.

Caso a polícia não localize todos os proprietários, provavelmente será feito um leilão dos veículos recuperados, segundo a delegada Maria de Lurdes.

Para resgatar os carros que foram levados para a fronteira, a Polícia Civil, com ação conjunta entre o Ministério da Justiça e o governo da Bolívia, primeira desenvolveu um dos veículos roubados e furtados que cruzaram a faixa de fronteira desde 2011.

Felicidade – Entre os mato-grossenses que recuperaram os veículos, o vendedor Gonçalo Mendes, 38 anos, estava hoje na Defurv para buscar a moto dele que foi roubado em 2011.

Ele tem uma Honda NX Bross 150, que havia perdido em um assalto a mão armada, em Cuiabá, cidade onde mora. O vendedor recebeu a notícia de que a moto estava em Campo Grande através de Polícia Civil da capital mato-grossense.

“Ela está bastante danificada, veio sem a chave, mas mesmo assim compensou vir buscar, é uma sensação muito boa, não esperava recurar, a polícia está de parabéns pelo trabalho”, ressaltou Gonçalo.

O deputado estadual de Mato Grosso Emanuel Pinheiro (PR), também estava na Defurv na tarde de hoje. Ele foi verificar os veículos do estado que estão no pátio da delegacia para ajudar os proprietários que foram roubados ou furtados, e assim poder devolvê-los aos legítimos donos.

Mais veículos – Segundo Maria de Lurdes, mais 20 caminhões estão vindo para Campo Grande e devem chegar à delegacia até a próxima semana.

A delegada estima que são mais de 6 mil veículos furtados e roubados no Brasil que foram levados ao país vizinho. Ela aponta, ainda, que o problema está na fronteira seca entre os países.

“Seria interessante estudar uma forma de vistoriar todos os veículos que cruzarem a linha de fronteira”, pontua a delegada.

Após a ação entre a Bolívia, o Brasil estuda também um processo preparatório para reaver os veículos brasileiros que foram levados para o Paraguai.

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions