A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

01/06/2010 14:44

Briga de médicos por internação no CTI acaba na Polícia

Redação

Uma discussão entre dois médicos pediatras por conta do encaminhamento de um paciente de 2 meses e meio acabou em registro de ocorrência policial na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário). O caso aconteceu ontem no CTI da Pediatria da Santa Casa e foi registrado na noite de segunda.

O médico pediatra José Mendes de Carvalho Filho, que registrou Boletim de Ocorrência, conta que encaminhou um paciente de 2 meses e meio para o CTI, por conta da necessidade de um respirador para o recém-nascido.

O pedido foi negado pelo médico Alfredo Alves, que partiu para agressão física contra José Mendes, garante o pediatra.

"Não quero comentar a conduta contra a minha pessoa, mas penso que ele deveria ter considerado a situação da criança. Não há como brincar com a vida alheia dessa forma", disse José Mendes por telefone ao Campo Grande News.

A criança não conseguiu o respirador, mas foi operada na manhã desta terça-feira e sofre da Síndrome de Pierre Robin, que apresenta dificuldades de respiração por conta da mandíbula curta, queixo retraído e fenda palatina acima do lábio superior. "O paciente tinha necessidade do respirador para sobreviver", afirma.

A ocorrência foi registrada na Depac como ameaça.

Outro lado

Ministério Público faz contrato de R$ 3 milhões com empresa de informática
O MP/MS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) firmou contrato de R$ 3,3 milhões com a empresa Click Ti Tecnologia Ltda. Com validade de seis me...
Novos critérios definem morte encefálica e afetam doação de órgãos
O Conselho Federal de Medicina (CFM) divulgou hoje (12) critérios mais rígidos para definir morte encefálica. A mudança nos procedimentos tem impacto...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions