A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 14 de Agosto de 2018

28/09/2010 18:35

Cães são abandonados sem abrigo na chuva por comerciante

Redação

Dois cães deixados sem abrigo pelo proprietário de uma lanchonete na Avenida Afonso Pena, em frente ao Parque das Nações Indígenas, causam revolta e tristeza mesmo após quatro denúncias feitas à Polícia Civil.

De acordo com a veterinária Maria Lúcia Metello, que coordena a associação Abrigo dos Bichos, os cães, que hoje estão expostos ao temporal, também eram vítimas de maus tratos nos dias de sol. Um deles amarrado a um poste não tem condições de se proteger das chuvas que caem desde sábado.

"Eram três cães em condições como essa. Sobraram dois. Já denunciei quatro vezes para a Polícia Civil, que intimou o proprietário e deu prazos para ele se adequar. Porém, a situação se mantém até hoje", explica Maria Lúcia.

Ao ser intimado, o comerciante alegou que os cães faziam a guarda da lanchonete, que era furtada constantemente. Também disse que um vendaval derrubou o toldo que servia de abrigo aos animais.

Crime - De acordo com a Lei Federal 9605, de 1998, é crime praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos. A pena é de três meses a um ano de detenção, podendo ser acrescida a um terço se ocorrer a morte do animal, além de multa.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions